Criei este Blog para minha Mãe Cigana Rainha do Oriente, sendo uma forma de homenageá-la, bem como postar assuntos atuais e de caráter edificante, lindas mensagens, poesias de luz, também aqui brindemos á amizade verdadeira e elevemos o principal em nós ou seja a essência Divina, Deus e a Espiritualidade em geral.

segunda-feira, 22 de julho de 2013

PRATICANDO NOSSA SABEDORIA INTERIOR:




Quando nos colocarmos em silêncio conosco mesmos, iremos intuir uma nova maneira de usarmos nossa mente. A partir do silêncio - receber orientação interior momento a momento durante o dia sintonizado com a Mente Infinita, e nos será dado individualmente ensinamentos espirituais importantes.

Estes são temas essenciais e práticos, pois com a nossa orientação interior e discernimento espiritual, poderemos saber de forma apropriada agir em qualquer momento de nossas vidas.

Orientação praticando nossa sabedoria interior é o meio de ação correta.

E como poderemos saber o que fazer?

Como aprendermos a confiar e fazer uso desta faculdade, a qual poderá se tornar nossa assistente de tomadas de decisões?

Quanto mais experiência tivermos com esta prática, melhor poderemos utilizar a informação que estará disponível para nós, e ficaremos mais convencidos de quão maravilhoso é esse nosso atributo da mente.

Os ensinamentos espirituais que iremos receber a partir da nossa mente aquietada, será a fonte do novo significado em nossa vida. Ensinamentos espirituais são comunicações da Verdade, os quais irão responder nossas perguntas conscientes e inconscientes a respeito da natureza de quem somos e de como o mundo a nossa volta funciona.

Inspirar-nos e guiar-nos em nossos pensamentos, falas e comportamentos nos trarão esclarecimentos de ideias e inspirações súbitas, saberes intuitivos, circunstâncias da vida, tanto de pessoas como de situações, pressentimentos, anseios e outros.

Wayne Dyer escritor espiritualista contemporâneo nos diz: “Ouça a sabedoria interior da Alma e não se prenda na opinião dos outros. Não perca tempo vivendo a vida de outros”.

Princípios espirituais, então, já não parecerão estranhos ou irrelevantes, distanciados da nossa vida cotidiana, e deixarão de ser recolhidos somente apenas a partir da leitura de livros e palestras, e irão então fazer sentido significativo para cada um de nós.

Quando isso acontece, nossa vida assume uma importância crescente.

Começamos a entender e apreciar em uma maneira totalmente nova o fato de que nossa vida é, de fato absolutamente digna de nossa maior atenção.

É bom lembrar que é difícil estarmos interessados em algo se não estivermos prestando atenção.

Poderemos estar ouvindo a mais bela música do mundo, mas não saberemos disso até darmos a devida atenção e ouvir.

Com isso nos sentiremos renovados, revigorados, regenerados, otimistas, confiantes, seguros, em paz, e iremos experimentar a autêntica alegria de viver. Ou seja, a felicidade sem culpa.

Experimentemos em silêncio, então - sentarmos imóveis, acalmando nossa mente, mergulhando no sentimento do nosso próprio ser único, e em seguida basta estarmos cientes do que estamos experimentando tanto no mundo ao nosso redor como no nosso interior.

A prática da nossa sabedoria interior esclarecerá quem somos, e qual nosso propósito de vida, disponibilizando os meios para cumprirmos nossos objetivos de forma inteligente.

Claro que continuaremos a sentir os mistérios exóticos da vida, esse atributo maravilhoso que se revela de acordo com nossa evolução da nossa compreensão do espiritual.

Iremos compreender claramente que somos Criação e Expressão do Poder da Criação Divina do Ser Maior Criador Deus e que estamos, portanto, literalmente, e eternamente ligados a este Poder, porque somos um com Ele!

Aprendendo a confiar na nossa orientação intuitiva interior, adotando a prática da nossa sabedoria interior, nos ajudará o desenvolvimento de nossa confiança.

Os melhores momentos para praticarmos nossa sabedoria interior é nos acontecimentos da nossa vida cotidiana, especialmente naqueles momentos em que somos obrigados a tomar uma decisão.

Caso sintamos dúvidas diante da necessidade de decidir algo, isso significará que não estamos seguros sobre o que fazer, mesmo porque se estivéssemos com segurança, não haveria necessidade de uma decisão, não é verdade?

Muitas vezes o fato de termos escolha - portanto entre uma e outra - e ter que tomar uma decisão - indica falta de clareza.

Esta falta de clareza é simplesmente que algum aspecto não está claro em nossas vidas.

Somos o que sempre fomos: a expressão direta da Mente do Ser Maior Criador Deus.

Muitas das vezes estamos enxergando a situação no nível do problema.

Nestes casos reconheçamos que a nossa percepção da situação é limitada e que as decisões que iríamos tomar seria baseada em dados parciais e incompletos.

Peçamos mentalmente, quase como se estivéssemos falando para nós mesmos.

Direcionemos a pergunta para a vastidão de nossa mente - nossa mente é nosso canal pessoal com a Mente Infinita - e esperemos a resposta.

Acessando orientação através da prática da nossa sabedoria interior estaremos nos sintonizando com a Mente Infinita para que a situação se esclareça e a decisão seja tomada com segurança.

E então iremos conseguir!

A Vontade do Ser Maior Criador Deus e a nossa própria são uma é a mesma.

É garantido confiar no Ser Maior Criador Deus, assim como é seguro confiarmos em nós mesmos.

Fonte-www.somostodosum.ig.com.br/Marcos Porto
Por Mavi Hostettler/www.essencia.ning.com
imagens Internet
******Este trabalho pode ser compartilhado com outros
sites desde que os direitos autorais sejam
respeitado citando a fonte de pesquisa / autor e o link.
Obrigado por incluir o link de nosso website quando
compartilhar este trabalho com outros. (MaviHostettler)