Criei este Blog para minha Mãe Cigana Rainha do Oriente, sendo uma forma de homenageá-la, bem como postar assuntos atuais e de caráter edificante, lindas mensagens, poesias de luz, também aqui brindemos á amizade verdadeira e elevemos o principal em nós ou seja a essência Divina, Deus e a Espiritualidade em geral.

sexta-feira, 26 de julho de 2013

O MAPA ASTRAL DE JESUS:




Yeshua Ben Youssef ou simplesmente Jesus Cristo, o homem mais importante para as religiões do ocidente, responsável por inspirar com os seus ensinamentos a religião mais numerosa do planeta (Cristianismo), também respeitado no Islamismo (como o segundo maior profeta, menos importante apenas que Maomé), possui ainda muitas lacunas nos relatos sobre sua história. Em um dos posts anteriores do blog sobre Numerologia Cabalística eu trouxe a data exata de nascimento de Jesus e as devidas explicações históricas a respeito dessa data. O link pode ser visto: AQUI


Pra gerar um mapa exato de Jesus eu precisaria ter o horário exato do seu nascimento, algo historicamente impossível de se conseguir. Tive então de apelar para dois grandes indicativos: a própria astrologia e a minha mediunidade.


Um mapa como o de Jesus, segundo os relatos bíblicos e espiritualistas à seu respeito, mostram alguns pontos de personalidade que certamente teriam de aparecer em seu mapa, como por exemplo, dons pra cura, amplo potencial magnético e energético, um perfil altamente analítico que tivesse a natural inclinação a seguir de forma incansável por um propósito maior, um amplo poder de oratória e obviamente um perfil energético talhado para amplos estudos ocultistas, mas com um perfil científico.


Baseado nisso eu teria de achar um horário no dia 21 de setembro do ano 3 antes do ano zero que correspondesse a todos esses itens, mostrando um claro aspecto energético que favorecesse todas essas inclinações, ou seja, que favorecesse o perfil psicológico de Jesus e toda a missão que ele teria de desempenhar. Além disso, seu mapa deveria apresentar aspectos positivos e trocas energéticas que favorecessem essas áreas básicas em que ele precisaria vir astrologicamente fortalecido.


Após muito estudo encontrei o horário exato: 17 horas e 55 minutos. Eis abaixo o mapa astrológico de Jesus e a interpretação de seus itens principais:



Posições dos planetas:



Sol: Virgem
Lua: Escorpião
Mercúrio: Virgem
Vênus: Escorpião
Marte: Leão
Júpiter: Câncer
Saturno: Touro
Urano: Peixes
Netuno: Escorpião
Plutão: Virgem
Nodo Lunar: Peixes


Comentário: Toda a mitologia envolvendo a imagem de Jesus ganha uma explicação interessante com o seu mapa astrológico: o “filho de uma virgem” na verdade é do signo de Virgem (praticamente um virginiano - libriano por estar em interseção), com o ascendente, o caput draconis (vontade de realização) e Urano (os ideais coletivos) em Peixes ele só poderia mesmo ser conhecido como “o pescador de almas” e utilizar o peixe como símbolo do cristianismo.


Não bastasse isso, a maioria dos orbes do seu mapa está em signos de água o que justifica de forma emblemática o “batismo das águas” como uma verdadeira representação do Cristianismo. As posições dos planetas indicam uma pessoa extremamente meticulosa, perfeccionista e analítica com uma grande capacidade para expressar suas idéias, devido à exaltação de Mercúrio em Virgem, assim como Virgem também no Sol. A primeira vista, a quantidade de planetas em Escorpião poderia assustar um pouco num primeiro momento, devido à “má fama” desse signo, popularmente conhecido como vingativo e “venenoso”, mas na verdade Escorpião representa a emoção trabalhada em seu aspecto mais prático, diferente dos signos de água: Câncer e Peixes.


Escorpião é o signo que traduz a vontade emocional direcionada de forma racional (muitas vezes fria ou quase maquiavélica) daquele que usa todas as armas que dispõe pra vencer e chegar ao seu objetivo, o que muitas vezes pode ser traduzido como “jogar sujo” ou falta de escrúpulos, mas em outros casos essa energia também pode ser utilizada de forma positiva. Um exemplo interessante é o mapa de Gandi que assim como no mapa de Jesus apresenta Vênus em Escorpião (um exemplo de quem usou de todas as “armas” através da não-violência pra levar um povo inteiro a um determinado destino). Escorpião indica obstinação, profundidade emocional, no caso da Lua em Escorpião essa obstinação se traduz numa busca quase obsessiva pelo autoconhecimento (assim como Jesus, Júlio Verne também tinha a Lua em Escorpião).


Júpiter exaltado em Câncer indica uma grande facilidade em lidar com o emocional, com as questões sentimentais, sobretudo para vencer os desafios nessa área da vida que possam surgir ao longo do tempo. Assim como Jesus, outro líder espiritual apresentava esse mesmo desenho no mapa; trata-se de Ramakrishna.


Marte em Leão traz as características clássicas de um líder nato com força de vontade e energia pra enfrentar desafios, sobretudo grandes trabalhos que exijam criatividade


Netuno em Escorpião na casa 8 e Urano em Peixes na casa 12 indicam características de uma pessoa com ampla facilidade para o contato com a espiritualidade, o imaginativo, a mente abstrata, o inconsciente e profundamente inclinadas a utilizar essa energia para um ideal coletivo inovador, revolucionário (algo que se confirmará com a posição do grande trígono, os aspectos e interseções ligados a essas posições). Apenas a nível de curiosidade, Chico Xavier também possuía Netuno na casa 8.




Posição das Casas:


Ascendente: Peixes
Casa 2: Touro
Casa 3: Gêmeos
Casa 4: Gêmeos
Casa 5: Câncer
Casa 6: Leão
Casa 7: Virgem
Casa 8: Escorpião
Casa 9: Sagitário
Meio-Céu: Sagitário
Casa 11: Capricórnio
Casa 12: Aquário




Planetas nas casas:


Ascendente: Saturno
Casa 4: Júpiter exaltado
Casa 6: Marte, Plutão e Mercúrio (exaltado e fazendo conjunção com Plutão)
Casa 7: Sol e Lua
Casa 8: Vênus e Netuno (Netuno, Vênus e Lua fazem um stelium o que normalmente fortalece a energia dos 3 planetas, entretanto Vênus está em exílio/detrimento e a Lua em queda, o que torna a posição de Netuno fortalecida nessa casa e exercendo forte influência sobre a energia de Lua e Vênus)
Casa 12: Urano e Nodo Lunar Verdadeiro (caput draconis)


Comentário: A casa 1 (ascendente) mostra que o objetivo espiritual, do autoconhecimento foi canalizado com segurança e firmeza em virtude de Saturno estar nessa casa.


Na casa 4, Júpiter exaltado em Câncer confere equilíbrio emocional, que une a busca por independência pessoal aliada a uma integração coesa com a comunidade em busca de um objetivo maior, baseado em valores como lealdade e bem estar coletivo. A casa 6 que se refere ao trabalho traz Marte em Leão e Mercúrio em Virgem o que impulsiona características de um líder com muita disposição e energia, com amplo poder de expressão (oratória por exemplo), criatividade e observação.


Plutão nessa mesma casa denota o serviço em prol da humanidade, é o serviço que sacrifica o pessoal em prol da sociedade, do coletivo, o trabalho dedicado ao próximo. Tudo isso junto mostra o perfil de um líder com magnetismo e facilidade de comunicação e com tendência a trabalhar muito em benefício do próximo sacrificando sua própria vida pessoal, nada mais adequado a história de vida messiânica de Jesus.


As casas 8 e 12 estão ligadas por um grande trígono, ambas as casas expressam em níveis diferentes o emocional interior, a busca pelo equilíbrio e união com o espiritual, o oculto, o inconsciente o que mostra a importância dessas energias nessas duas casas no mapa de Jesus. A casa 8 mostra uma forte inclinação a estudos e busca pelo conhecimento interior, com equilíbrio emocional, praticidade mas muita obstinação, aliada ao altruísmo e profundas pesquisas evidenciadas no Urano e caput draconis na casa 12 de Peixes.


Todas essas características mostram alguém reservado, de aparência corporal madura e firme (apesar do seu rosto possuir muitos dos traços de Maria, sua mãe, dando feições mais sublimes ao rosto do messias como veremos ao longo dessa análise), porém com grande magnetismo que transmite segurança e poder de liderança, com ampla facilidade em expressar seu pensamento assim como de adentrar profundamente nos mistérios da espiritualidade, configurações perfeitas para um verdadeiro mago que tivesse de se apresentar para o mundo como um grande líder messiânico em constante, fácil e profunda conexão com a espiritualidade.


Em suma, uma configuração perfeita e adequada para o perfil e missão de Jesus. A casa 7 mostra algumas dificuldades nas associações e na tenacidade dos inimigos, pela posição na mesma casa da Lua e Sol em graus críticos (28), apesar de líder carismático e magnético, Jesus também era muito incompreendido até mesmo por alguns de seus discípulos que não entendiam o caráter espiritual de sua missão e o enxergavam como um futuro rei dos judeus que libertaria Canaã da opressão romana (é bem provável que muitos de seus seguidores tivessem enxergado em Jesus a clássica figura do Rei Salomão reencarnado).


Aspectos Maiores:


Sol em oposição ao Ascendente
Lua em conjunção com Vênus
Lua em sextil com Marte
Lua em trígono com Júpiter
Lua em oposição a Saturno
Lua em conjunção com Netuno
Mercúrio em sextil com Vênus
Mercúrio em oposição a Urano
Mercúrio em conjunção com Plutão
Vênus em trígono com Júpiter
Vênus em trígono com Urano
Vênus em conjunção com Netuno
Marte em trígono com Saturno
Marte em quincucio com o Ascendente
Júpiter em sextil com Saturno
Júpiter em trigono com Netuno
Urano em trígono com Netuno
Urano em oposição com Plutão


Planetas mais fortes: Lua com 5 aspectos, Netuno com 4 aspectos e Júpiter com 4 aspectos


Comentário: Grande ambição, objetivos grandiosos, porém equilibrados pela energia lógica de Virgem perante o fluxo grande de emoção trazido por Peixes. Os aspectos lunares muito fortes indicam uma liderança forte, tenaz, emocionalmente equilibrada com uma grande carga de energia e magnetismo, sobretudo a nível espiritual (em virtude da conjunção com Vênus e oposição a Saturno) apesar de apresentar tendência a certa melancolia, devido a incompreensões de algum familiar muito próximo na infância (irmão mais velho, mãe).


Os aspectos mercuriais mostram uma pessoa sensível, de natureza refinada, com ampla capacidade de comunicação e persuasão, com uma inteligência acima da média e direcionada a longos e profundos estudos (oposição a Urano) altamente observadora e astuta, mas inclinada a excessos nessas questões, o clássico “workholic” (conjunção com Plutão).


Os aspectos de Vênus mostram alguém muito sociável (com facilidade da manipular a opinião da multidão, em virtude do trígono com Júpiter e pela posição na casa 8 em Escorpião), popular, atraente e com forte tendência a filantropia o que acentua ainda mais o magnetismo pessoal (trígono com Urano). Aspecto interessante aqui é a conjunção com Netuno que mostra relacionamento amoroso de difícil concretização, mas como Netuno estava aqui em Escorpião (tenacidade, luta obstinada, emocional aliado a praticidade), Jesus passou por cima das dificuldades, transformou Maria Madalena numa rabi e apóstola e rompeu com muitos dos preconceitos machistas da época.


Os aspectos de Marte mostram um trabalhador obstinado e incansável, um líder guerreiro, calculista, que não mede esforços pra vencer o obstáculo que vier (Marte em Leão fazendo trígono com Saturno em Touro). O quincuncio entre Marte e Peixes indica o perigo de acidentes e ferimentos, algo que realmente ocorreu durante algumas passagens da vida messiânica de Jesus, pois sua energia espiritual despertava forte cólera dos opositores, característica de quem possui Marte fazendo quincuncio com o Ascendente (e ainda potencializado pela posição em graus críticos do Sol e Lua na casa 7, que mostra as associações na sociedade e que também mostra o perfil ou energia dos nossos inimigos).


Júpiter mostra equilíbrio e prudência nos aspectos, além de justiça, firmeza e capacidade pra liderar (sextil com Saturno em Touro). Se fosse empresário, Jesus seria uma espécie de Midas abençoado pelos céus, uma espécie de patrão admirado pelos funcionários e com facilidade pra acumular riquezas materiais. Felizmente a oposição múltipla (que veremos nas linhas adiante) de Netuno, Vênus e Lua em stelium sobre Saturno já seria suficiente pra conter impulsos excessivamente materialistas no mapa de qualquer pessoa, quanto mais em um espírito já preparado moralmente como Jesus.


Júpiter em trigono com Netuno é o perfil clássico do nobre idealista religioso com tendências messiânicas, algo também fortalecido pelo grande trígono entre Netuno, Júpiter e Urano. O trigono entre Urano e Netuno mostra um forte poder magnético, curador e hipnótico, faculdades espirituais muito desenvolvidas (esse aspecto inserido na configuração do grande trigono explica bem o grande potencial anímico que o espírito de Jesus teve acesso no seu corpo físico e nas energias do mapa astral que regeram seu nascimento na Terra), por fim Urano em oposição a Plutão mostra idealistas com ideais nobres, mas que tendem a perder a vida em revoluções drásticas ou guerras, o que também explica a morte na cruz pelo ideal do evangelho de amor, ir às últimas conseqüências por um ideal.







Planetas retrógrados:


Saturno: Indica profunda seriedade para realizar os trabalhos que se propôs a realizar, maturidade e sabedoria para executar uma missão que foi confiada. A posição retrógrada de Saturno indica revisão das bases e estruturas para execução de alguma tarefa, como é o planeta que representa a energia dos limites, da contenção ele cria, na posição de retrogradação, uma energia que impulsiona a pessoa a se concentrar no presente, na realidade atual, com objetividade e disposição, uma combinação perfeita de energias para ajudar alguém que precisasse desde a infância ficar focado na realidade presente mesmo com o amplo acesso as esferas espirituais facilitado pela mediunidade


Urano: Indica revoluções, mudanças bruscas, rupturas, originalidade com elevações da consciência (normalmente com idéias a frente do seu tempo), tudo isso impulsionado por essa energia de mudança, é em suma um grande impulso para amplas mudanças, normalmente de forma imprevisível e perturbadora, impulsionando a mente a buscar avidamente respostas cada vez mais profundas para as dúvidas que a pessoa possua, o que pode levar para um caminho de iluminação e êxtase espiritual ou loucura


Pontos sensíveis:


Netuno a 9 graus confere estabilidade às energias da casa 8 (sobretudo da conjunção com Vênus potencializando a importância dessa casa no mapa, ou seja, a busca pelo equilíbrio emocional, de realizar amplas mudanças a nível emocional na coletividade em que o mestre vivia).


Plutão a 17 graus confere adaptabilidade às energias da casa 6 (fortalecendo a conjunção com Mercúrio e criando uma harmonia ao invés de tensão com a oposição em relação a Urano, potencializando a importância da casa 6 e 12 no mapa, ou seja, o trabalho em prol da causa espiritual, através de um amplo poder de comunicação e magnetismo pessoal mostrado na figura de Mercúrio exaltado)


Urano a 15 graus na casa 12 aponta para a necessidade de um amplo aprofundamento dessa energia nessa casa (a espiritualidade, a busca pela comunhão com o mental, com o subconsciente e aos amplos poderes espirituais que a conjunção Urano-Peixes fornece)


Outro ponto sensível no mapa é a casa 7, pois possui dois orbes (Sol e Lua) em graus críticos (28 graus) o que denota fortes obstáculos e barreiras no que define a casa das associações e dos inimigos, mostrando que não apenas os opositores à missão do messias seriam extremamente tenazes como também haveria uma dificuldade natural em conseguir realizar associações profundas para a missão que teria de ser realizada, mostrando uma certa incompreensão por parte de parentes e amigos próximos em relação a missão do messias, explicada nesse posicionamento do mapa astral.


Configuração:


Martelo ou Oposição Múltipla: O stelium formado por Netuno, Vênus e Lua faz uma oposição a Saturno em Touro. Netuno aqui está bem aspectado, pois faz um grande trígono com Júpiter (em exaltação) e Urano, além de ser o planeta mais forte do stelium com Vênus e Lua, é em suma o veículo perfeito de energia para lidar com o místico e o ocultismo, com grande mediunidade e faculdades paranormais, aliado a determinação emocional ferrenha que recebe de Escorpião, é simplesmente a configuração perfeita para um grande mago (na verdade o maior de todos). Não bastasse tudo isso, ainda faz uma grande oposição (martelo) sobre Saturno-Touro o arquétipo do materialismo e da preocupação com o lado financeiro, mostrando claramente no mapa que dificilmente ofertas de dinheiro, fama ou glória seduziriam alguém com essa configuração no mapa astral, acentuada pela presença do caput draconis em Peixes na casa 12, uma soma de posições claras perfeitas para um messias dedicado ao ideal do autoconhecimento interno e contato íntimo e profundo com a espiritualidade. Essa configuração indica sobretudo uma caráter de revelação e grande mudança, sobretudo pela projeção das energias do stelium sobre o orbe que sofre a oposição, tal qual a pessoa que tem essa configuração no mapa projeta essa energia sobre as pessoas a sua volta de forma intensa, é uma configuração que aponta para pessoas que realizaram grandes mudanças, seja a nível interno chegando algumas vezes até a nível mundial, como no caso do mapa do messias na sua missão de espiritualizar a humanidade materialista.


Grande Trígono: composto por Netuno,Urano e Júpiter em trígono, sendo que Netuno fortalecido pelo stelium e Júpiter exaltado em Câncer na casa 4 ( casa dos alicerces emocionais, da família). Se considerarmos os aspectos ocultos da história conhecida de Jesus, que na verdade era filho de um sacerdote essênio (José) e tinha na sua segunda família os essênios (ao contrário da família sanguínea que salvo raras exceções não compreendiam a missão do messias) veremos que essa combinação mostra exatamente o que aconteceu com Jesus: forte influência paterna e nascido em uma casa aonde era comum encontros e ensinos sólidos sobre espiritualidade e religião (algo que a própria Bíblia descreve como muito presente na vida de Jesus desde cedo). Somado a Urano na casa 12 que impulsiona com sua energia o altruísmo e estudo do oculto e Netuno na casa 8 em Escorpião que exerce papel semelhante ainda com mais força, fica muito evidente que esse grande trígono potencializa a busca pelo espiritual desde a juventude e, sobretudo entre a “família” (no caso de Jesus, os essênios). O grande trígono cria uma ampla harmonia entre a energia desses 3 orbes, potencializando esse aspecto positivo desta configuração, gerando uma espécie de “circuito fechado” de energias entre esses 3 orbes, potencializando ainda mais o poder de concentração e busca pela espiritualidade caracterizada nesses orbes no mapa de Jesus. Além disso, o grande trígono de água normalmente mostra um sonho de vida imaginado e idealizado, uma energia que poderia levar a falta de uma ação mais prática nessa busca, mas definitivamente a força de Netuno no stelium em Escorpião afasta essa possibilidade, criando condições interessantes para o perfil de um grande idealista, mas também de um grande empreendedor, configuração que fica mais visível ainda ao analisarmos as Interseções.


Interseções:


Sol na rainha de espadas (o diplomata revolucionário)
Lua no cavaleiro de taças (o artista inovador)
Marte no rei de moedas (o rei trabalhador)
Saturno no cavaleiro de moedas (o empreendedor obstinado)
Caput draconis no rei de taças (o líder popular e carismático)


Não bastasse os 18 aspectos maiores, o mapa de Jesus ainda apresenta uma quantidade absurda de interseções, 5 no total, mostrando toda a força energética dos astros no momento especial do seu nascimento. Fica fácil compreender como os reis magos (leia-se astrólogos) conseguiram antever com certa tranqüilidade o momento do nascimento do messias em consonância com o fenômeno astronômico envolvendo a estrela Alpha Leonis (Regulus) em conjunção com Júpiter pelos idos de 14 de setembro do ano 3A.c., uma semana antes de uma outra conjunção importante, só que envolvendo uma estrela mais brilhante que Alpha Leonis e em conjunção com o Sol.


O Sol influenciado por Virgem e Libra (rainha de espadas) demonstra uma personalidade calculista que busca associações para conseguir exercer seu objetivo, seu ideal. Essa combinação criou limites energéticos interessantes para a missão de Jesus: suas ações tenderiam a ser sempre bem pensadas (virgem) e sempre em busca de equilíbrio e harmonia (libra), tal qual a rainha que tem a espada (poder) nas mãos mas o exercer por um poder calculista, pacificador, usando de atributos muito mais ligados ao feminino, ao apelo maternal do que o aspecto paternal. Segundo mostram algumas informações, Jesus seria muito parecido fisicamente com os traços de sua mãe, tendo nos traços mais suaves do rosto essa interseção da rainha de espadas favorecida e explicada.


Lua influenciada por Libra e Escorpião (o cavaleiro de taças) tem as características manipuladoras de Escorpião acentuadas, alguém com ampla capacidade de influenciar e até certo ponto dominar emocionalmente outras pessoas, bem como favorece a capacidade de associações muito presente no signo de Libra e também na casa 7 onde está a Lua. É um verdadeiro artista na hora de expressar suas emoções, tendo a exata noção de como causar impacto, seduzir ou assustar tendo plena capacidade de manipular seu magnetismo. Simbolicamente o cavaleiro de taças representa em Jesus o homem que leva o santo graal (taça) nas mãos a serviço do rei (Deus). Apesar da Lua estar em queda (por estar em Escorpião), ela recebe uma forte influencia de Libra e juntamente está na casa 7 (das associações), além de sofrer uma ação muito forte de Vênus e sobretudo de Netuno no stellium que faz parte, dessa forma apesar dos inimigos de Jesus serem muito tenazes (por Sol e Lua estarem em graus críticos na casa 7, das associações) sua capacidade de se associar, influenciar pessoas, ter uma obstinação pra enfrentar desafios (escorpião) está favorecida pela influencia de Libra na Lua em casa 7 e pela força de Netuno fortalecido pelo stellium e acentuado o equilíbrio emocional e força espiritual que está atribuída a esse conjunto Netuno/Escorpião, favorecendo a forma como a maioria das pessoas via Jesus e era influenciada por ele.


Marte entre as energias de Leão e Virgem (rei de moedas) confere características de um rei centrado e equilibrado (pois o perfil meticuloso de Virgem atenua um pouco a “vontade de aparecer” pros outros de Leão), com grande energia e capacidade de liderança (Leão) hábil na estratégia, nos detalhes, na forma de expor seu raciocínio aos seus pares, alguém com força e sabedoria, o clássico arquétipo do rei Salomão (o que provavelmente era forma como muitos seguidores de Jesus o viam, o novo rei dos judeus, o rei Salomão ressuscitado)


Saturno entre as energias de Áries e Touro (cavaleiro de moedas), a primeira vista, poderia denotar uma energia de alguém extremamente materialista ou muito preocupado em ganhar dinheiro e criar um império, é normalmente uma interseção presente no mapa de grandes empresários, pois mistura a tenacidade e coragem elétrica de Áries, com a disciplina ferrenha imposta por Saturno e o desejo de obter conforto e riquezas de Touro. Mas em um mapa são analisadas também as influencias sobre os planetas e a casa onde ele está e nesse caso Saturno sofre uma oposição múltipla de Netuno, Vênus e Lua em Escorpião, o que enfraquece e muito as tendências materialistas a energia dessa interseção, fazendo com que a busca de criar um império ou uma forte fundação (base sólida, vigas resistentes, colunas inquebrantáveis) seja canalizada para o lado espiritual (pela força de Netuno no stellium na casa 8), com grande obstinação e disciplina (energias de Saturno e Áries) para a construção, o acúmulo, a posse (Touro), dessa forma o grande império que Jesus buscou construir foi o evangelho de amor, suas parábolas e curas eram as “moedas de ouro” que ele acumulava e serviram de base para a construção desse império, sua disciplina quase militar e disposição para embates (Saturno e Áries) puderam ser vistas nos diversos confrontos com os doutores da lei que serviram também como exemplo e inspiração para os futuros cristãos primitivos resistirem as provações atrozes que sofreram nos circos romanos, com a forte lembrança do messias que tinha na prática do amor ao próximo o ouro que carregava e na disposição em defender seu ideal o cavaleiro que apenas desejava espalhar esse ouro por toda a humanidade.


Caput Draconis entre a energia de Aquário e Peixes (rei de taças) – O ideal de vida de Jesus, sua verdadeira vontade está aqui plenamente explicada. Se em seu aspecto lunar (emocional) Jesus foi o cavaleiro de taças (levando arquetipicamente o santo graal do conhecimento divino nas mãos) durante toda a sua vida e no momento final de sua missão, quando cumpriu sua verdadeira vontade, com a morte na cruz e ressurreição tornou-se o rei de taças, a imagem do rei e líder messiânico pois ali o perfil humanitário, inovador, libertador, impessoal e excêntrico de Aquário se equilibra com o perfil sonhador, imaginativo, sentimental e dedicado ao ponto da sublimação e sacrifício de Peixes. A missão e a verdadeira vontade de Jesus são mostradas claramente na cabeça do dragão (caput draconis), exatamente na casa 12 (força espiritual, subconsciente) que somada a força de Netuno em stellium na casa 8 demonstram alguém que veio com a clara missão de ser um grande veículo das verdades ocultas, o cavaleiro do Graal que se tornou Rei







Estrelas fixas


Spica (a espiga da Virgem) a estrela mais brilhante da constelação de Virgem e também estrela de primeira grandeza está em conjunção com o Sol na casa 6 (casa do trabalho) assim como em conjunção com a Descendente (ponto angular dos 4 do disco que representa a casa 7). Spica em Virgem confere fama e honras póstumas, alguém que poderá fazer algo tão grandioso que será lembrado mesmo depois de morto, isso tende a ocorrer quando Spica está em conjunção com Sol ou com a Lua, ou com um dos 4 pontos angulares do disco ou no signo de Virgem e no mapa de Jesus essa estrela está em três dessas situações. Em hebraico éSchiboleth (espiga). Em um sentido mais velado, Spica representa o crescimento moral pelo amadurecimento (espiga) para se atingir a pureza (Virgem) máxima (estrela mais brilhante da constelação), esse é o significado velado de Schiboleth em excelente e importante posição no mapa de Jesus. Alpha Leonis, a 21ª estrela mais brilhante do firmamento fez uma conjunção com Júpiter no dia 14 de setembro de 3 A.C pressagiando um fenômeno muito maior que ocorreria 7 dias depois: a conjunção entre o Sol e Spica, a 14ª estrela mais brilhante do firmamento (na verdade um sistema binário composto de duas estrelas que rotacionam entre si) fazendo assim o verdadeiro fenômeno da Estrela de Belém


Vale ainda ressaltar duas estrelas fixas que possuem uma relevância menor que Spica no mapa de Jesus, mas apresentam importância:


Dschubba (da cabeça do escorpião) está em conjunção com a Lua, assim como Antares (o coração do escorpião) está em conjunção com Vênus (estrelas respectivamente de segunda e primeira grandeza) e em virtude de Vênus e Lua estarem em stellium, essas duas estrelas também recebem a energia desse stellium potencializando ainda mais o equilíbrio emocional de Escorpião na casa 8 e indicando sucesso com honra e ajuda de mulheres (em virtude na energia exaltada de Vênus em conjunção com Lua e Netuno no coração do escorpião) o que se confirmou na missão messiânica de Jesus que recebeu a ajuda de mulheres influentes da época, como Joana de Cuza (esposa do procurador de Herodes Antipas, tetrarca/governador da Galiléia)


Fanpage Profecias o Ápice em 2036 no Facebook: http://www.facebook.com/josemaria.alencastro2036





Read more: http://profeciasoapiceem2036.blogspot.com/search/label/Jesus%20-%20Mapa%20completo#ixzz2aBSUqOUz