Criei este Blog para minha Mãe Cigana Rainha do Oriente, sendo uma forma de homenageá-la, bem como postar assuntos atuais e de caráter edificante, lindas mensagens, poesias de luz, também aqui brindemos á amizade verdadeira e elevemos o principal em nós ou seja a essência Divina, Deus e a Espiritualidade em geral.

sexta-feira, 7 de junho de 2013

AMOR Á DEUS, A ESSÊNCIA DA VIDA:




A existência mostra seu Verdadeiro Significado quando a alma volta à sua Fonte, o que não obrigatoriamente deve acontecer somente após a morte do corpo físico. Quem se encontra envolto com padrões de vida material pode, apesar dos envolvimentos com as teias físicas, astrais e mentais que compõem à materialidade, reaver sua condição emancipada, a fim de identificar-se definitivamente com os padrões sublimados e perfeitos da Eterna Morada. O que muitos chamam de liberação nada mais é do que o resultado da ascensão espiritual em seu estágio mais avançado. Afirmo que existem muitos degraus que conduzem o ser que se dirige ao estado emancipado, e os quais fornecem percepções da existência condizentes com as diferentes etapas que se alcancem.
Desta forma, alguns que, na esfera física terrena atual, acreditam estar ascensionados, talvez tenham atingido um ou outro de tais patamares da consciência. No entanto, a ascensão definitiva é a última etapa a se conquistar, e ela subjuga por completo ao eu inferior e às suas artimanhas egocêntricas, que muitas vezes tendem à imperfeição e ao estabelecimento de incompreensões, que povoam à mente e ao coração, gerando inquietações e insatisfações. A última etapa é a liberdade definitiva que muitos sábios, santos, mestres e avataras demonstraram existir, iluminando as compreensões e promovendo a paz, o amor e a harmonização das pessoas e de seus meios. Entenda-se que ser sábio ou santo não significa existir em um estado de consciência que só existe para algumas almas eleitas, as quais se manifestam com a intenção de oferecer assistência amorosa às pessoas e de inspirá-las ao amor ao próximo.
Tal condição da existência é na verdade a essência da vida, e é para alcança-la que a alma se humaniza, mesmo que a batalha árdua, que é constantemente travada no dia-a-dia, pareça contradizer as mais puras intenções que alguém possa cultivar dentro de si. Deve-se lutar fervorosamente a fim de vencer à contracorrente que pode transportar o indivíduo para longe de sua meta original. Esta contracorrente se faz das opiniões uníssonas da maioria afeita aos condicionamentos que acreditam ser normais para uma vida social e culturalmente bem aceita. As opiniões uníssonas a este respeito mascaram o que em certos casos deseja aflorar a partir do íntimo de algumas almas que se inquietam mediante o que os demais aceitam como desejável. Deve-se lutar com coragem, a fim de vencer a torrente que arrasta toda pessoa que se deixa levar para longe de onde ela de fato pode encontrar com a definitiva paz.
Amar a Deus é um sintoma de redenção da alma que se reencontrou, e quanto mais puro e profundo for este amor maior é a relação de quem ama com o objeto de seu amor. É possível intensificar este sentimento através do conhecimento adquirido sobre o Supremo Controlador, desde que este conhecimento se faça realizado, a partir das interações de muitos tipos, que se obtenha da vida, com Ele que a tudo mantém. Uma maneira segura de se adquirir experiência em torno da relação pessoal com Deus é a seleção de um caminho que possa conduzir a quem aspira a tal aquisição ao que espontânea e nitidamente resulta do caminhar. Existem muitas formas de se travar contato com Deus e uma delas é o cultivo da religiosidade por meio de um traçado claro e eficiente que já tenha sido testado e que seja ensinado por aqueles que trilharam com sucesso a tal caminho. Há muitas religiões no mundo físico terreno, mas algumas delas perderam o seu vigor, por falta de lideranças autorealizadas no processo de se relacionar intimamente com o Senhor.
Eu me ocupo com a difusão da Sagrada Alquimia como processo de ascensão espiritual, e um aspecto em particular desta linha de estudos e de práticas existenciais, o qual estamos empenhados em difundir para este início da Era de Aquário, causa uma séria e vigorosa interseção com a Religião Bhagavata (vejaVaishnavismo e Religião Bhagavata). Intencionamos fazer com que aqueles que buscam pela Luz Superior entendam que Deus pode ser realizado através de suas múltiplas manifestações, as quais se revelaram como religiões ou linhas de esoterismo. Uma de tais manifestações está no Vaishnavismo e aprofundamentos em torno da Pessoa de Krishna podem conduzir o ser humano à redenção e à liberdade definitiva. No entanto, nossa intenção é propagar o meio e também o fim e, desta forma, oferecemos à Senda Alquímica conjugada com a religiosidade que Ele mesmo (Krishna) propagou através do Bhagavad-Gita e de seus aparecimentos no planeta.
Estaremos co-criando muitas oportunidades de aprendizagem ao longo dos próximos anos para aqueles que sintam dentro de seus corações à necessidade de se deixarem conduzir por uma Senda que, como esta que aqui anuncio, possa seguramente causar a elevação da consciência e a sublimação das conformações da vida diária. Temos muitos instrumentos já disponíveis, e outros ainda virão a ser disponibilizados, para que possamos fazer chegar aos seus alcances o que pretendemos oferecer como assistência aos seus processos de existir neste momento da região planetária onde vocês se encontram. Esta região é o que resulta de uma configuração de muitas escalas vibratórias, as quais virão a ser transmutadas através de múltiplos mecanismos que comporão à Era de Aquário. Façamo-nos fraternais uns com os outros e com o planeta, cultivando amor nos corações e limpando a mente da poluição dos raciocínios que se mostrem incoerentes com a Suprema Lei. Desta forma, o amor a Deus poderá se expressar como a Verdadeira Essência da vida para todos aqueles que amam e se fazem amar por meio de suas mais profundas e sinceras ações em prol do bem-estar comum.


Mestra Pórtia (14/04/2013)


Conteúdo obtido por sintonização através de Valéria Moraes Ornellas, Sacerdotisa da Ordem de Zadkiel e co-fundadora da Editora Sétimo Raio, Rio de Janeiro – RJ, e originalmente publicado em http://missaodesaintgermain.blogspot.com.br. Se desejar divulgar este texto, favor citar devidamente a autoria e a fonte original da publicação.