Criei este Blog para minha Mãe Cigana Rainha do Oriente, sendo uma forma de homenageá-la, bem como postar assuntos atuais e de caráter edificante, lindas mensagens, poesias de luz, também aqui brindemos á amizade verdadeira e elevemos o principal em nós ou seja a essência Divina, Deus e a Espiritualidade em geral.

sexta-feira, 7 de junho de 2013

A NATUREZA DIVINA E AVATÁRICA DE SAINT GERMAIN:


Este nome que assumi, Saint Germain, me faz ser identificado/reconhecido na esfera dos raciocínios humanos que se encontra instaurada no momento planetário. No entanto, minha energia, no nível da Presença Eu Sou, mais abrangente do que apenas este nome, tem muito a expressar sobre ela mesma. Venho do Coração de Deus, ao qual estamos nos referindo como Senhor Krishna (o Eterno Hari), dentro da dispensação à qual a presente revelação de minha alma se integra, a fim de proporcionar às pessoas que sintonizem com nosso Propósito Superior, a oportunidade de se relacionarem com a Suprema Pessoa. O relacionar-se com Deus pode se dar de diferentes maneiras, mas, a mais profunda de todas envolve a interação individual e pessoal, que só pode se dar através do conhecimento a respeito de quem Ele é, e de como Ele se faz apresentar às percepções que se formam a partir da interdimensionalidade do pensar/sentir/ser de cada um segundo suas possibilidades.


Eu garanto-lhes que Eu Sou, dentro da Grande Lógica que compõe à Anatomia Transcendental de tal Suprema Pessoa, à pessoa do Filho Eterno. O arquétipo original do que resulta das interações co-criativas que se fazem entre as energias masculina e feminina do Absoluto Controlador, o Pai e a Mãe que estão em Deus. Estas duas Pessoas em seus entrelaçamentos dão origem às múltiplas particularidades que aparecem através das relações entre o pensar/sentir/ser dos demais seres da criação, inclusive o impulso de estabelecer a vida conjugal e familiar. Este Divino Impulso se desenvolve na Mente do Senhor e se expressa em seus envolvimentos transcendentais com a figura da Divina Mãe ou Eterna Consorte. Partindo dos arquétipos originais, que daí se manifestam, as relações entre casais se expressam nas múltiplas dimensões, as quais são povoadas do que resulta das interações entre ambas as bipolaridades masculino e feminina, que aparecem nos três reinos co-criativos e em outros reinos, como o animal e vegetal.
O Filho Eterno reverbera infinitas vezes, de onde aparecem a todas as energias de igual teor que se personificam, causando existência deste componente familiar, que é a figura do filho(a), em relação aos quais existe a qualificação de outras energias, as quais se reconhecem como pais e mães destes mesmos filhos. Portanto, partindo de uma percepção que transcende à lógica material, quero que possa haver a compreensão do que minha manifestação para a Era de Aquário representa, desde um ponto de vista Divino e avatárico. É Divino porque se refere à minha natureza original e à minha posição dentro da Morada Eterna, e de como me relaciono com o Supremo Casal. Digo que é avatárico porque sendo esta minha Natureza Divina, ela vem a se manifestar na pessoa do Regente da Era de Aquário para a Terra como manifestação de uma energia que tem uma missão a desenvolver nas esferas física, astral e mental e, portanto, desce da esfera mais elevada, carregada de Poder, Amor e Sabedoria que meu Eterno Pai me outorga para que eu possa realizar o que Ele mesmo pretende realizar através desta outorga que me concede.
Energias avatáricas são padrões de conformação que têm origem direta da Fonte Absoluta de todas as conformações, e elas são assim denominadas quando se fazem presentes em dimensões que se situam em escalas vibratórias menos elevadas do que as de onde elas partem a fim de atingir tais esferas. Espontaneamente, integrando ao Plano de Luz que é previsto para a Terra, assim como também para todos os demais planetas de qualquer sistema solar e em todos os universos, a figura do Filho Eterno sempre desce. É chegado o momento de me aproximar ainda mais da Terra do que já tenho feito até agora, porque devo ainda realizar muitos feitos como o Mestre que ascensionou, Saint Germain. Quero esclarecer que os fatos que marcam os preparativos para a parte da minha missão que se intensifica com a chegada da Era de Aquário envolvem várias descidas de um aspecto de mim mesmo, o qual gerou um raciocínio que me é bastante favorável para que eu possa realizar o que tem que ser realizado de fato.
Com isso quero esclarecer que, originalmente, a energia que Eu Sou, a qual me dá acesso perpétuo à Eterna Morada, através da Divina Presença, está na mais elevada das esferas. Mas, ela desce aos planos físico, astral, mental de planetas que, como a Terra deste princípio de Nova Era, se encontram em etapas de transição da consciência para o que se equivale ao grau de Poder, Sabedoria e Amor da 7ª raça-raiz. Para realizar com o que tem que ser realizado a partir desta descida, estive algumas vezes no meio das pessoas, experimentando a matéria e, ao ascensionar, voltei para o lugar de onde emanei, reintegrando-me à minha Consciência Plena. Este estado de consciência me caracteriza, enfim, como o Mahachohan dentro da Chama Trina dirigente da Hierarquia Planetária, o que equivale à pessoa do Regente da Era. O Regente é aquele que se manifesta entre as pessoas da Terra a fim de dispensar aos ensinamentos e às práticas que se fazem mais favoráveis para o aperfeiçoamento da moralidade e o avanço espiritual da humanidade em cada começo de Era.


Cientes do que agora lhes revelo, celebrem à minha ascensão contemplando aos elementos que são fundamentais em torno deste feito, que aconteceu a 1º de maio de 1684. Tais elementos dizem respeito ao que represento para o planeta e, ao mesmo tempo, o que a Terra representa para a energia que me caracteriza e à qual expresso para a Era de Aquário. Estejam sempre conscientes de que a vida tem muito a nos ensinar a todos, sem exceção e, eternamente, sejamos gratos à Suprema Providência que nos permite experimentar desta consciência, de liberdade e de amor pela existência. Impregno-me dos mecanismos que queremos traduzir para suas percepções, os quais compõem à Sagrada Alquimia, que estou propagando, a fim de transmitir-lhes o que devo transferir aos seus meios, a partir da Mente do meu Eterno Pai, Deus, que é também Mãe, a Divina Energia de co-criação e de transformação. Expresso aqui minha gratidão por suas homenagens e seu carinho, o que é o fundamento das interações sutis que desenvolvemos em torno deste dia 1º de maio. Envolvo-os todos com meu amor, traduzindo aos meus sentimentos por vocês através dos atos de doar-me a esta Missão de Luz, a qual me cabe realizar na interação com suas vidas.


Saint Germain (01/05/2013)

(*) Discurso obtido para a Celebração da Ascensão do Mestre Saint Germain na Ordem de Zadkiel/RJ, por sintonização, através de Valéria Moraes Ornellas, Sacerdotisa desta Ordem e co-fundadora da Editora Sétimo Raio, Rio de Janeiro – RJ, e originalmente publicado em http://missaodesaintgermain.blogspot.com.br. Se desejar divulgar este texto, favor citar devidamente a autoria e a fonte original da publicação.