Criei este Blog para minha Mãe Cigana Rainha do Oriente, sendo uma forma de homenageá-la, bem como postar assuntos atuais e de caráter edificante, lindas mensagens, poesias de luz, também aqui brindemos á amizade verdadeira e elevemos o principal em nós ou seja a essência Divina, Deus e a Espiritualidade em geral.

domingo, 16 de junho de 2013

IDENTIFICADO GATILHO MOLECULAR DA DOENÇA DE ALZHEIMER:




Pesquisadores mapearam o gatilho do início da doença de Alzheimer, quando a estrutura principal da molécula de proteína muda, para causar a reação em cadeia que leva à morte dos neurônios no cérebro. Pela primeira vez cientistas do Departamento de Química da Universidade de Cambridge conseguiram detalhar o caminho que gera formas anômalas das proteínas beta-amiloide, que estão na origem de condições neurodegenerativas, tais como a doença de Alzheimer.


A descoberta foi publicada na revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS) e, segundo os pesquisadores, leva a um passo adiante no disgnóstico precoce de doenças como Alzheimer e Parkinson, abrindo caminho para uma nova geração de medicamentos.

O estudo é um marco na pesquisa de longo prazo estabelecida em Cambridge pelo professor Christopher Dobson e seus colegas, após descoberta por ele da natureza subjacente de proteínas deformadas e sua ligação com a doença, há 15 anos.

- Não há até hoje terapias que modifiquem o estado de demência ou de Alzheimer, apenas tratamentos limitados para os sintomas. Temos que solucionar o que acontece em nível molecular antes de progredir e conseguir um impacto real – disse Tuomas Knowles, principal autor do estudo e colaborador de Dobson. – Agora estabelecemos o caminho que mostra como a toxicidade causa morte celular e os oligômeros são formados.

O processo neurodegenerativo que dá origem a estas doenças é desencadeado quando as estruturas normais de moléculas de proteínas dentro das células são corrompidas. As moléculas de proteína são feitas em “linhas de montagem” celulares que se unem blocos de construção químicos chamados aminoácidos em uma ordem codificada em nosso DNA. Sob algumas condições, no entanto, as proteínas podem se deformar, formando um emaranhado e funcionando mal.

Uma vez que um nível pequeno, mas crítico de mau funcionamento de aglomerados de proteínas são formados formaram, uma reação em cadeia de fuga é acionada, que multiplica exponencialmente o número desses compostos de proteínas, ativando novos pontos através de nucleação. É esse processo de nucleação secundária que fica em volta das células cerebrais, causando perda de memória e outros sintomas de demência.

Veja também:
Estudo indica novo marcador do Alzheimer que prevê evolução da doença
Consumir peixe assado ajuda a evitar doença de Alzheimer
Demência: chaves para identificar a doença
Frutos vermelhos ajudam a prevenir doença de Parkinson
Doença de alzheimer a cada seis dias faz vítimas em Campo Grande
Identificado gene do envelhecimento precoce
Gene envolvido no Alzheimer aumenta risco de diabetes
Doença de Parkinson partilha gene com uma forma rara de demência
Evento: Dia Mundial da Doença de Alzheimer
VIII Reunião de Pesquisadores da Doença de Alzheimer e Desordens Relacionadas
Inibidor químico é capaz de retardar progressão do Alzheimer



Read more: http://coisadevelho.com.br/?p=11897#ixzz2WO0VndjI