Criei este Blog para minha Mãe Cigana Rainha do Oriente, sendo uma forma de homenageá-la, bem como postar assuntos atuais e de caráter edificante, lindas mensagens, poesias de luz, também aqui brindemos á amizade verdadeira e elevemos o principal em nós ou seja a essência Divina, Deus e a Espiritualidade em geral.

sexta-feira, 28 de junho de 2013

VOCÊ ESTÁ CUMPRINDO O ACORDO FEITO NO ASTRAL?



Artigo: Você está cumprindo o acordo feito no Astral?

Síndrome do pânico, vida bloqueada, inquietação, angústia, choro fácil (sem motivo aparente), fobia – isto é, mal-estar em locais públicos (cinema, shopping, metrô, shows) – e instabilidade de humor (humor extremado) costumam ser os sintomas clássicos de um médium em desequilíbrio. Mas, por quê? Em minha experiência clínica no consultório, são dois os fatores que causam esses transtornos:

1) Assédio espiritual: por conta dos canais mediúnicos abertos, esses médiuns são constantemente atacados por seres das trevas -sejam obsessores espirituais (desafetos do passado do paciente, em que foram prejudicados pelo mesmo e, com isso, buscam prejudicá-lo e, movidos à ódio e vingança, querem acertar as contas)- ou espíritos oportunistas, que querem um auxílio, um amparo espiritual.

2) Não cumprimento do acordo feito no Astral: por terem prejudicado e gerado muito sofrimento às pessoas em existências passadas, para repararem esse erro, no Astral, firmaram juntos com os seus mentores espirituais um acordo, um compromisso de trabalho espiritual como médiuns ao reencarnarem nesta vida terrena -seja em incorporação, ou mesmo em cura, através da imposição das mãos-, ajudando os necessitados. No entanto, por indulgência, rebeldia, teimosia, imaturidade espiritual, falta de esclarecimento, preconceito, receio de assumirem responsabilidade como médiuns-, ignoram, negam ou fogem dos trabalhos mediúnicos nos centros espíritas Kardecistas, umbandistas, etc. Preferem, portanto, o caminho da dor, do sofrimento, em vez de seguirem o caminho do amor, da boa vontade, exercendo a mediunidade no auxílio ao próximo. Freud, o pai da psicanálise, dizia: Quando a dor de não estar vivendo for maior que o medo da mudança, o ser humano tende a mudar. Infelizmente, é nessa condição que a maioria de meus pacientes médiuns vem ao meu consultório. Recordo-me de uma paciente que me procurou por conta de estar perdendo a audição (ela tinha 70% de acuidade auditiva no ouvido direito e 40% no esquerdo). Clinicamente, os exames feitos pelos médicos não acusaram nenhuma lesão ou quaisquer distúrbios orgânicos em seu aparelho auditivo. Ao passar pela TRE (Terapia Regressiva Evolutiva) – A Terapia do Mentor Espiritual, abordagem psicológica e espiritual breve criada por mim, seu mentor espiritual lhe mostrou uma cena de uma vida passada, na qual trabalhava como médium num centro espírita Kardecista, mas auxiliava os necessitados escutando-os com má vontade. Por fim, acabou abandonando a casa espírita, preferindo as noitadas, as festas e veio a falecer de overdose de cocaína nessa existência passada. Após seu mentor espiritual ter lhe mostrado essa cena da vida pretérita, disse-lhe que hoje sua cura auditiva dependia da cura dos necessitados, caso viesse a trabalhar no centro espírita. Ou seja, estava tendo novamente a oportunidade de exercer a sua mediunidade ouvindo, ajudando os mais necessitados, desta vez com interesse genuíno em ouvi-los e ajudá-los.

http://osvaldoshimoda.com/2013/06/28/artigo-voce-esta-cumprindo-o-a...