Criei este Blog para minha Mãe Cigana Rainha do Oriente, sendo uma forma de homenageá-la, bem como postar assuntos atuais e de caráter edificante, lindas mensagens, poesias de luz, também aqui brindemos á amizade verdadeira e elevemos o principal em nós ou seja a essência Divina, Deus e a Espiritualidade em geral.

segunda-feira, 10 de junho de 2013

PARA CONCRETIZAR A RIQUEZA:


O homem é filho de Deus - herdeiro de todas as coisas boas e belas que pertencem ao mundo. Deus é fonte de riqueza infinita. É um Ser infinitamente rico. Portanto, sendo o homem filho de Deus, quando torna-se prisioneiro da pobreza e vive a sofre, isto não significa que ele seja pobre em sua Imagem Verdadeira. Se está manifestada esta situação no momento, é apenas porque o homem está com a mente obscurecida pela idéia de pobreza, tal como o céu encoberto por nuvens escuras, e com isso limita a sua própria capacidade e não deixa resplandecer no mundo fenomênico a Luz da Imagem Verdadeira. 
Mesmo estando encoberto por nuvens escuras, a luz do sol continua a brilhar por trás delas.
Do mesmo modo, o homem - Imagem Verdadeira _ continua sempre próspero, sendo absolutamente impossível tornar-se pobre. Para que a riqueza se manifeste no mundo fenomênico, basta ELIMINAR AS ILUSÕES DA MENTE, EXPULSAR AS "NUVENS" DE AUTO-LIMITAÇÃO E FAZER RESPLANDECER A LUZ DA PROSPERIDADE.
Para expulsar da mente as nuvens de ilusão, basta dizer "palavras da Verdade". São aquelasa que falam da Imagem Verdadeira. Portanto se queremos fazer surgir a riqueza devemos falar sempre em prosperidade, eliminar pensamentos ilusórios e realizar o máximo possível obras de amor em prol da humanidade.
Deus é amor. Assim sendo, manifestar amor é fazer com que a Luz da Imagem Verdadeira resplandeça transpassando o aspecto fenomênico, do mesmo modo que a luz do sol resplandece por entre as nuvens. Como a palavra é semente, a medida que proferimos palavras que falam de prosperidade, vamos nos tornando capazes de captar os sussurros da alma que surgem naturalmente do nosso íntimo e nos exortam: "Faça tais e tais obras de amor". Não importa que pareça ser uma obra muito modesta o que vale é tornar felizes nossos semelhantes e a prática desta obra aparentemente modesta é que será o início da expulsão das nuvens de ilusão de pobreza, se revelando o amor de Deus, puro, sincero, isento de vaidades e vanglória.
Quando pela realização de obras de amor, expulsarmos as nuvens de ilusão, fazemos resplandecer a Luz da Imagem Verdadeira e agimos iluminados por essa Luz, e passará a se manifestar em nós a prosperidade de filhos de Deus.
Palavras que falam da prosperidade e a prática do ensinamento que consiste em realizar obras de amor em todas as ocasiões - são os dois elementos que constituem as duas rodas do "veículo" que transportará até o mundo fenomênico todos os tesouros da infinito que nos estão reservados no Mundo da Imagem Verdadeira como filhos de Deus perfeitos.

Masaharu Taniguchi