Criei este Blog para minha Mãe Cigana Rainha do Oriente, sendo uma forma de homenageá-la, bem como postar assuntos atuais e de caráter edificante, lindas mensagens, poesias de luz, também aqui brindemos á amizade verdadeira e elevemos o principal em nós ou seja a essência Divina, Deus e a Espiritualidade em geral.

terça-feira, 3 de setembro de 2013

8 DESCONCERTANTES MISTÉRIOS DA ASTRONOMIA!!!


O universo nasceu há cerca de 13,8 bilhões de anos, mas ainda guarda muitos mistérios que continuam deixando os astrônomos perplexos. Desde a energia escura até os raios cósmicos e a unicidade do nosso próprio sistema solar – não há falta de esquisitices cósmicas.

A revista Science resumiu algumas das perguntas mais desconcertantes sendo feitas por astrônomos hoje. Em nenhuma ordem particular, aqui estão oito dos mistérios mais duradouros da astronomia.
O que é a energia escura?



A energia escura é a força pensada para ser a responsável por acelerar a expansão do universo em uma velocidade cada vez maior.

Ela forma aproximadamente 73% do universo, e jamais foi detectada. Como se não bastasse, os astrônomos não fazem ideia da real natureza da energia escura.

Leia o artigo principal sobre a energia escura
O que é a matéria escura?



A matéria escura é uma massa invisível pensada para formar cerca de 23% do universo. Diferentemente da matéria comum, a matéria escura não é formada por átomos, e só pode ser detectada (indiretamente) pela atração gravitacional que exerce sobre objetos formados por matéria comum.

Os pesquisadores continuam muito curiosos para entender as propriedades da matéria escura, o que parece que não está muito perto de acontecer.

Leia o artigo principal sobre a matéria escura
Onde estão os bárions perdidos?



A energia escura e a matéria escura compõem cerca de 95% do universo, sendo que a matéria normal compõe os 5% restantes. Mas os astrônomos ficaram intrigados ao descobrir que mais da metade dessa matéria normal está ausente.

Esta matéria em falta é chamada de matéria bariônica, e é composta de partículas, tais como os prótons e elétrons que formam a maioria da massa da matéria visível do universo.
Como as estrelas explodem?



Quando estrelas massivas ficam sem combustível, elas terminam suas vidas em explosões gigantescas chamadas supernovas. Estas espetaculares explosões são tão brilhantes que podem ofuscar brevemente uma galáxia inteira.

Uma extensa pesquisa e tecnologias modernas têm iluminado muitos detalhes sobre supernovas, mas como essas explosões ocorrem ainda é um mistério.

Os cientistas estão interessados em entender a mecânica dessas explosões estelares, incluindo o que acontece dentro de uma estrela antes de explodir.
O que re-ionizou o universo?



O modelo mais aceito para explicar a origem do universo é o Big Bang, que afirma que o cosmo surgiu a partir de um ponto quente e denso há cerca de 13,7 bilhões de anos.

O universo primordial é pensado para ser um lugar dinâmico, e há 13 bilhões de anos, passou por uma era chamada de re-ionização. Durante esse período, a névoa do gás hidrogênio foi sumindo e a luz ultravioleta se tornou translúcida pela primeira vez.

Os cientistas há muito tempo estão intrigados sobre o que causou esse processo de re-ionização.
Qual é a origem dos raios cósmicos?



Os raios cósmicos são partículas altamente energéticas que fluem em nosso sistema solar e são provenientes do espaço distante, mas a verdadeira origem dessas partículas subatômicas carregadas tem intrigado os cientistas há um século.

Os raios cósmicos mais energéticos são extraordinariamente fortes, com uma energia 100 milhões de vezes superior às partículas produzidas em aceleradores de partículas. Ao longo dos anos, os astrônomos têm tentado explicar onde se originam esses raios cósmicos, mas sua fonte provou ser um grande mistério astronômico.
Por que o sistema solar é tão estranho?



Enquanto planetas alienígenas em torno de outras estrelas são descobertos, os astrônomos tentam abordar e entender como nosso próprio sistema solar veio a ser como ele é.

As diferenças entre os planetas do sistema solar não são fáceis de serem explicadas, e os cientistas estão estudando como os planetas são formados na esperança de melhor compreender as características únicas de nosso sistema solar.
Por que a coroa solar é tão quente?



Enquanto a superfície do Sol possui uma temperatura que gira em torno de 6.000ºC, a coroa solar, que é atmosfera exterior, apresenta uma temperatura incrível de 6 milhões de graus Celsius.


Os físicos solares têm tido muito trabalho para resolver a questão de como o Sol aquece tanto sua coroa. Um estudo aponta uma ligação à esse aumento na temperatura aos campos magnéticos do interior da estrela. Mas a mecânica por trás desse processo permanece um grande mistério. [Space]



Leia mais em http://misteriosdomundo.com/8-desconcertantes-misterios-da-astronomia#ixzz2ds1FTokG
Follow us: @misteriomundo on Twitter | mmh.misteriosdomundo on Facebook