Criei este Blog para minha Mãe Cigana Rainha do Oriente, sendo uma forma de homenageá-la, bem como postar assuntos atuais e de caráter edificante, lindas mensagens, poesias de luz, também aqui brindemos á amizade verdadeira e elevemos o principal em nós ou seja a essência Divina, Deus e a Espiritualidade em geral.

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

FRANCISCO PROVOCA A IRA DE GRUPOS CONSERVADORES DA IGREJA:




Atitudes do Papa Francisco – na capa da revista Time chamado de o Papa do povo – provoca a ira de grupos conservadores dentro da Igreja de Roma:

Pelo seu estilo distante da ortodoxia, proliferam fortes críticas em blogs católicos ultra conservadores na Itália, com ataques à sua conduta frente à condução da milenar instituição católica romana e o seu comportamento inédito para o papado do Vaticano.

Críticas surgiram também por sua aversão à formalidade, ao luxo e à pompa, por não ter ido viver no apartamento pontifício do Palácio Apostólico e por outros gestos muito pouco ortodoxos.

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

Por Elisabetta Pique

Fonte: http://www.lanacion.com.ar/

ROMA, Itália – Em sua recente viagem ao Brasil para participar da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) que foi um sucesso para o papa Francisco, de acordo com os observadores e especialistas de todo o mundo.


Francisco, na capa da Vanity Fair chamado de PAPA CORAGEM

Quase cinco meses depois de ter sido eleito para o trono de Pedro, o Papa Argentino está no auge de sua popularidade devido à sua proximidade com as pessoas, sua informalidade, sua humildade, sua austeridade, a sua determinação para limpar o poder central da Igreja romana e, acima de tudo, por sua mensagem em favor dos pobres.

Mas ele está sendo fortemente atacado por setores muito conservadores, ultra tradicionalistas minoritários. desde o início do seu pontificado, quando ele se recusou a deixar o balcão central da Basílica de São Pedro, com a Mozeta (capa vermelha usada pelos pontífices) e a cruz peitoral de ouro, ele foi acusado de dessacralizar o papado.

Críticas surgiram também por sua aversão à formalidade e à pompa, por não ter ido viver no apartamento pontifício do Palácio Apostólico e por outros gestos pouco ortodoxos. A tudo isso, se somou a declaração inédita e conciliadora sobre os gays, pronunciada durante uma coletiva de imprensa no avião que o trazia de volta a Roma.


”Se uma pessoa é gay e busca ao Senhor e tem boa vontade, quem sou eu para julgar?”



Declarou o Papa Francisco, o primeiro pontífice a proferir a palavra “gay” e que definiu os homossexuais como meus “irmãos”.

Esta declaração causou tamanho alvoroço em ambientes ultra conservadores que fez o Papa Francisco ser vítima de um anátema, ou seja, de uma excomunhão por parte de Elias, o líder do Patriarcado Católico Bizantino, grupo dissidente proclamado por sete bispos da Igreja ortodoxa grega, católica e ucraniana em 2011. Eles afirmam que Francisco violou as leis de Deus.

“Ele promove uma mentalidade imoral da homossexualidade, que é contrária à essência do Evangelho e destrói todos os valores morais. Francisco Bergoglio está excluído, portanto, do Corpo Místico de Cristo. Cada bispo e sacerdote, como cada católico, está obrigado a se afastar do que ele propôs” – declarou Elias num anátema lançado na última segunda-feira.



Mas a excomunhão do patriarca bizantino católico ucraniano contra o Papa Francisco não é tão grave. Se trata do líder de um pequeno grupo, que já excomungou e lançou anátemas contra Bento XVI; João Paulo II; cardeais e bispos que participaram da reunião entre religiões de Assis de 1986 e 2011; o patriarca ecumênico de Costantinopla, Bartolomeu I; o patriarca ortodoxo de Moscou, Kiril; entre outros religiosos.

- Alguns creem que este grupo se relaciona com os serviços secretos ucranianos, e que dificilmente pode ser levado a serio – disse um prelado católico especialista no assunto.

O diário “La Reppublica” destacou a proliferação na internet de blog conservadores que também não ocultam sua ira contra o papa latino-americano amigo dos gays.



“Suas palavras são um sinal tangível de uma desorientação existencial que faz tremer as pernas e o coração dos fiéis”, dispara o blogmessainlatino.it.

Nele, os tradicionalistas se mostram escandalizados com fotos da missa final da JMJ em Copacabana, que mostram sacerdotes dando a comunhão em vasilhas plásticas.

As imagens, que deram a volta no mundo, confirmaram que Francisco é um Papa único, com popularidade altíssima e sem oposição séria e visível no momento.

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br