Criei este Blog para minha Mãe Cigana Rainha do Oriente, sendo uma forma de homenageá-la, bem como postar assuntos atuais e de caráter edificante, lindas mensagens, poesias de luz, também aqui brindemos á amizade verdadeira e elevemos o principal em nós ou seja a essência Divina, Deus e a Espiritualidade em geral.

sexta-feira, 14 de junho de 2013

AS PROFECIAS E A ASTROLOGIA:




Uma profecia que aparece tanto no livro de Daniel 12:7 como no Apocalipse é a profecia dos 3 tempos e meio (um tempo, mais dois tempos mais meio tempo) e que no Apocalipse capítulo 11 aparece equivalente a 1260 dias e 42 meses, ou seja, 3 anos e meio. Quando publiquei no Youtube há dois anos um vídeo com a interpretação completa desse capítulo do Apocalipse, demonstrei claramente que esses 3 períodos e meio equivaleriam a períodos de décadas, ou seja, 35 anos.


Mas afinal, o que uma profecia que fala em 3 anos e meio e 35 anos tem haver com Astrologia? Os ciclos de Saturno e do Sol respondem essa pergunta.


Saturno leva exatamente 29 anos e 167 dias para dar uma volta completa no Sol, ou seja, se na Terra uma pessoa leva um ano para completar seu primeiro aniversário, se estivesse em Saturno ela levaria 29,45 anos (praticamente 29 anos e meio) para completar seu primeiro ano de vida.


Como Saturno é o planeta das limitações, representa situações que necessitam de árdua disciplina e firmeza para que sejam superadas (barreiras, provações), normalmente por volta dessa época, bem próxima dos 30 anos, é que a pessoa começa a perceber, ter consciência das próprias limitações, é a fase do amadurecimento, de começar a dar forma prática aos sonhos e aos verdadeiros objetivos de vida que a pessoa buscará (ou deveria buscar) ao longo da vida adulta para realizar a sua verdadeira vontade, simbolizada pelo nodo lunar norte ou caput draconis.


O Sol, por sua vez, a cada novo ano de aniversário de uma pessoa retorna para o mesmo signo e graduação do mapa natal, é a chamada revolução solar. Por exemplo, eu nasci em 25 de junho de 79 às 18h40min no Rj, com o Sol a 3 graus 43’ 37”. Nesse ano de 2013, o Sol estará novamente em Câncer em 3 graus 43’37” no dia 24 de junho 9 minutos antes da meia noite.


A revolução solar mostra, portanto, o verdadeiro aniversário, normalmente no mesmo dia ou um dia antes do dia de nascimento. Ocorre que no aniversário de 33 anos de uma pessoa, o Sol não apenas passa pelo mesmo signo e pela mesma graduação do mapa natal, mas também pelo exato ponto que o Sol se encontrava no mapa natal.


Ou seja, os 33 anos marcam a plena revolução solar, um novo nascimento, quando o indivíduo após tomar consciência das suas limitações e das provações que precisa superar para alcançar seus sonhos quando realiza o ciclo de Saturno (29,45 anos) dá início a sua “nova vida” na busca desses objetivos, na busca de realizar a sua verdadeira vontade, quando atinge os 33 anos.


Entre a revolução de Saturno e o final do primeiro aniversário da revolução completa do Sol (29,45 a 34 anos) é exatamente o momento que o signo Ascendente do mapa natal começa a ganhar mais força, pois o disco zodiacal funciona no sentido antihorário, ou seja, o ponto do ascendente demarca em um dia o horário do amanhecer, o meio céu o ponto mais alto (meio dia), a descendente o entardecer e o inferior céu o ponto mais baixo (meia noite), por todos esses motivos o signo que estava no Ascendente do mapa natal equilibra as suas forças com o signo solar exatamente na fase próxima da revolução completa do Sol, entre 30-35 anos, pois marca a ascensão verdadeira, o novo nascimento solar no disco zodiacal.


Existem estudos amplos sobre o tema, inclusive o consagrado Alexandre Volguine expõe alguns métodos interessantes, que levam em conta principalmente a passagem do ascendente anual da revolução solar em relação ao ascendente natal para calcular períodos mais prováveis para desencarnes ou graves problemas que podem colocar a vida de uma pessoa em perigo.


Futuramente eu farei cálculos com esses métodos levando em conta a data de “nascimento” do Vaticano e dos Estados Unidos, com o objetivo de estudos mais amplos no tema profético, mas isso é uma outra história, para outra ocasião....


Voltando ao tema principal do texto, essas informações explicam porque a Igreja adotou a versão de que Jesus morrera com 33 anos. Na verdade, Jesus realmente morreu no ano 33, mas quando estava as vésperas de fazer 36 anos. Para alinhar a morte e o renascimento (ressurreição) de Jesus ao ciclo completo da revolução solar, o “renascimento do Sol”, ficou estabelecido que Jesus teria 33 anos na sua morte e que esse seria o ano 33 do calendário gregoriano (inclusive o primeiro dia da semana foi nomeado de Dia do Senhor ou Dia do Sol, ou seja, domingo).





O significado oculto, midráshico, que os profetas utilizaram na profecia dos 3 tempos e meio é exatamente dessa interação entre o ciclo de Saturno e o ciclo do Sol.


De 29,45 anos (ciclo Saturno) a 33 anos (ciclo Sol) temos exatamente 3,55 anos ou simplesmente 3 anos e meio, 3 tempos e meio.


Do início que se identifica, se toma a consciência de uma limitação, uma provação (Saturno), até a chegada a um novo início da luz (Sol) são exatos 3 anos e meio ou 3 tempos e meio. Jesus no sermão profético, em Mateus 24:32 compara a chegada de uma nova era (A Nova Jerusalém citada no Apocalipse) ao verão (a estação do Sol, pois os dias começam mais cedo e as noites começam mais tarde).


"Ele enviará seus anjos com estridentes trombetas, e juntarão seus escolhidos dos quatro ventos, duma extremidade do céu à outra. Compreendei isto pela comparação da figueira: quando seus ramos estão tenros e crescem as folhas, pressentis que o verão está próximo. Do mesmo modo, quando virdes tudo isto, sabei que o Filho do Homem está próximo, à porta." (Mateus 24:31-33)


Considerando que o auge dos eventos do dia do juízo será em 24 de abril de 2036, a profecia de Jesus faz todo o sentido se calculada pelo início do verão no hemisfério norte (90% da população do mundo, incluindo Israel está nesse hemisfério), pois o verão começa nessa região no dia 21 de junho e segundo a profecia de Jesus as mudanças para uma nova era estarão “as portas” do verão, na primavera.


Se considerarmos esses 3 tempos e meio da profecia como décadas, teremos 35 anos. A partir do início do terceiro milênio (2001) temos 35 anos completos exatamente em 2036, sendo que 36 (o ano do auge das mudanças) representa exatamente a kamea solar da Cabala, assim como representa o caminho do meio dos 72 nomes de Deus na Cabala.


Da mesma forma no disco zodiacal a décima casa (10) ou meio céu representa o ponto mais alto, o meio dia, o ponto mais brilhante do zodíaco, mostrando claramente a nível astrológico e cabalístico que a décima repetição desses 3 tempos e meio, a partir do terceiro milênio, representam realmente o amanhecer de uma nova era para a Terra.




Fanpage Profecias o Ápice em 2036 no Facebook:
https://www.facebook.com/josemaria.alencastro2036






Read more: http://profeciasoapiceem2036.blogspot.com/#ixzz2WFLvxw8C