Criei este Blog para minha Mãe Cigana Rainha do Oriente, sendo uma forma de homenageá-la, bem como postar assuntos atuais e de caráter edificante, lindas mensagens, poesias de luz, também aqui brindemos á amizade verdadeira e elevemos o principal em nós ou seja a essência Divina, Deus e a Espiritualidade em geral.

sábado, 20 de abril de 2013

A OBESIDADE E A LINGUAGEM DO CORPO (POR CRISTINA CAIRO:


A Obesidade e a Linguagem do Corpo (por Cristina Cairo)


Obviamente o obeso, ou a pessoa que passa a engordar, está derramando culpas por todos os lados, atribuindo-as a terceiros sem jamais admitir as suas próprias, porque já tem opinião formada. E sempre o outro que o faz infeliz e isso o impede de desprender-se dessa insegurança que o aprisiona. Se você tem problemas de gordura,
quebre a resistência amorosamente e permita-se fazer uma terapia de regressão ou exercícios de meditação para solucionar seus conflitos inconscientes relacionados à sua mãe.
Saiba que engordar significa regredir até a primeira infância, buscando a segurança e proteção que, provavelmente, não encontrou nessa fase.
Entenda que, até os três anos de idade, desenvolve-se a personalidade da criança, e é exatamente nesse período que ficam registrados no inconsciente toda falta materna, sem que isso signifique culpa da mãe, pois sempre haverá conflito para o entendimento
das necessidades das novas gerações.
Perdoe a criança solitária que existe em você e aprenda a sentir-se forte, seguro e protegido sem necessitar de reforços externos.
Você pode ser livre, saia da posição de vítima imediatamente e pratique esse autoconhecimento que você acabou de adquirir.
Lembre-se de que a verdadeira causa de muitos de nossos problemas internos encontram-se da gestação aos três anos de idade e você sabe perfeitamente que nossa memória não consegue alcançar esse período.
Portanto, não fantasie os problemas atuais, que são apenas projeções do passado.
Nunca devemos supervalorizar os problemas ou os nossos próprios ideais, porque isso faria com que nos apegássemos fortemente a esses fatores e perdêssemos de vista o verdadeiro objetivo da vida, que deve fluir livremente.
Se tentarmos impedir seu fluxo natural, provocaremos o caos na natureza que, com
certeza, virá até nós mostrar-nos o erro que estamos cometendo. A natureza, através de partes de nosso corpo, revela qual é a emoção que está criando tanta desordem em nossas vidas.
Tenta, constantemente, um entendimento conosco, seja através das formas do corpo,
das doenças ou, até mesmo, por meio de acidentes.
A linguagem do corpo é apenas a voz da energia vital, gritando por liberdade.