Criei este Blog para minha Mãe Cigana Rainha do Oriente, sendo uma forma de homenageá-la, bem como postar assuntos atuais e de caráter edificante, lindas mensagens, poesias de luz, também aqui brindemos á amizade verdadeira e elevemos o principal em nós ou seja a essência Divina, Deus e a Espiritualidade em geral.

quinta-feira, 18 de abril de 2013

A AGITAÇÃO MENTAL BLOQUEIA SUA CONEXÃO COM DEUS!


A AGITAÇÃO MENTAL BLOQUEIA SUA CONEXÃO COM DEUS!





Essa afirmação sempre gera polêmica, mas ela tem um fundamento que procurarei explicar, o qual realmente poderá lhe mostrar o quanto somos controlados por nossa mente. Mas antes, gostaria de desenvolver mais o que seria a mente, dentro dessa visão que esse livro procura expressar.
Temos a nossa consciência espiritual, que é a nossa essencial primordial imortal, a qual carrega a nossa memória ao longo de nossas sucessivas experiências de vida, também chamadas de encarnação. A nossa mente – falando de forma absolutamente resumida – é a nossa unidade pensante, que raciocina, que discerne e que se comunica com os mundo mais ou menos sensíveis, de forma direta e clara, ou indireta e mais sutil. Mas a nossa mente possui basicamente dois elementos, que se complementam para formar o que realmente somos em essência. Aqui os chamaremos simplesmente de mente superior e mente inferior.
A mente inferior é o que podemos chamar de nosso sinalizador essencial, ou o lado pleno de nossa existência transcendental. A mente inferior é a nossa mente contaminada ou impregnada com as impressões da vida física, das atitudes diárias, das crenças e tudo que nos envolve na existência material. Também podemos chamar a mente inferior de Ego. Que fique bem claro que não podemos dizer que a mente inferior é ruim, mas que é a nossa parcela ainda indisciplinada ou talvez ainda não treinada para existir em harmonia com a mente superior. Podemos também dizer que nossa mente inferior é como uma criança que ainda precisa crescer, adquirir maturidade e tornar-se adulta, para depois se unir em harmonia com a mente superior, e então proporcionar a teorealização do indivíduo.
Depois desse esclarecimento, voltemos a observação sobre o quanto ainda somos dominados por nossas mentes inferiores e não a dominamos, ou domamos.
Experimente fechar os olhos agora, por cinco minutos apenas, com a ideia de manter-se em silêncio e esvaziar a mente. Será que você consegue limpar-se de visões internas, pensamentos e burburinhos mentais mesmo por esse período curto de cinco minutos?
Provavelmente não. Nem você, nem eu, nem a maioria de nós...
Na tentativa de cessar esse ritmo, você perceberá com certa freqüência, que vagará de um pensamento a outro, de uma idéia a outra, de uma visão a outra, sucessivamente. A mente – inferior - é frenética, ela não para. Podemos até diminuir essa agitação mental por algum período – menor ou maior de acordo com o treino que a pessoa se submete – mas pará-la é tarefa quase impossível para a maioria de nós.
A conclusão óbvia que chegamos: não controlamos a nossa mente, mas ela nos controla. Diga-se de passagem, trata-se de uma constatação alarmante, principalmente porque no século XXI já temos a comprovação necessária, até mesmo no campo da ciência, que pensamentos criam realidades, logo, somos o que pensamos. Se nossos pensamentos criam a nossa realidade, mas esses são criados descontroladamente por nossas mentes inferiores desorganizafas, então nossa realidade será produzida igualmente em desordem. E esse é um ponto muito importante a ser observado. Precisamos aprender a escolher o que pensar, precisamos pegar as rédeas das nossas vibrações mentais e controlá-las com equilíbrio. Assim sendo, devemos dedicar tempo e cuidado na arte de domar a nossa mente inferior, para que nossa realidade aconteça conforme nossos objetivos, e não aleatoriamente como consequência de nossa agitação mental.
Com isso podemos concluir que para uma pessoa ser feliz, ele precisará ajustar e manter sempre sua CONEXÃO em ótima sintonia.
Mas para melhor introduzir o tema e sua elevada importância, é importante falar da energia imanente ou cósmica, que é a energia que está presente em todo o cosmos, em todo universo. Ela nutre e forma o universo e todos os seres que nele habitam. Quando essa energia permeia nossos corpos e nos alimenta, então nós a absorvemos naturalmente e a transformamos, impregnando-a com nossas características de personalidade.
Quando essa força nos toca, nossos pensamentos e emoções magnetizam-na com a essência do teor desses pensamentos e emoções. Ou seja, formamos a nossa aura corpórea, criada por essa energia extrafísica que assume as características da personalidade do indivíduo. Isso quer dizer que, se uma pessoa é feliz ela impregnará a energia imanente com a vibração da felicidade. Também quando uma pessoa é depressiva, a sua aura é conformada pela vibração da depressão. Por isso a aura de uma pessoa - que é o seu campo energético - manifesta a sua própria personalidade.
Após a energia cósmica tocar e nutrir uma pessoa, essa pessoa passará a impregná-la com a vibração de sua personalidade, logo, essa energia se tornará energia consciencial.
A energia cósmica é pura, leve, suave, equilibrada para as nossas necessidades. Todo dia recebemos permanentemente o abastecimento dessa energia sutil, e, pela ação dos nossos pensamentos e sentimentos, alteramos-lhe o padrão, passando a densificá-la pela nossa ignorância e desequilíbrio.
Essa visão mostra que somos os criadores da nossa cura, assim como somos os criadores da nossa doença, porque se nossa mente não parar de vibrar em pensamentos frenéticos, desajustados, aleatorizando toda forma mental de pensamentos densos, ela alterará o padrão da energia cósmica, transformando-a em energia consciencial totalmente nociva, pela ação impregnante destes pensamentos e emoções tóxicas.
Deus é a Fonte da energia imanente, que nutre e mantém a vida, que nos alimenta de saúde e vitalidade. Mas como beneficiarmo-nos dessa dádiva, se ao recebermos o fluxo dessa luz Divina diariamente, a transformamos em uma seiva tóxica que nos adoece e nos ilude? Como estar em sintonia com Deus se quando Sua “mão” nos toca todos os dias, A rejeitamos?
Deixar que os pensamentos tóxicos, negativos, pessimistas, tomem conta de nós é fechar as portas para as bênçãos cósmicas que recebemos constantemente. Mas não se tratam apenas de pensamentos negativos, carregados de maldade ou ódio, é por isso que esse fato é de grande importância e até alarmante. O estresse, a agitação, a hipeartividade mental e a futilidade também são exemplos de padrões que escurecem ou densificam a energia imanente. Portanto, esses erros cotidianos nos afastam de Deus, ou melhor, nos adoece, porque toda energia imanente absorvida por consciências confusas – o que é teoricamente 99% da população – dá origem a energias consciências debilitadas, que por consequência darão origem as mais diversas doenças.
Essa visão também explica o motivo pelo qual, muitas pessoas que se dizem descrentes de Deus, ainda assim podem ser felizes e saudáveis. Isso acontece porque a energia imanente, que vem da Fonte Maior, não julga, não quer que você seja dessa ou daquela religião, que siga uma ou outra doutrina, mas prefere que você tenha bons pensamentos, e boas emoções, para manter-se em sintonia com Ela. Esse é o significado mais íntimo, mais profundo do livre arbítrio.
Diante desses apontamentos de elevada importância, então como manter a Conexão constante com Deus nos dias atuais?
Precisamos aprender reservar momentos do dia que tenham a finalidade de cessar a frequência mental desorganizada. E para isso, temos que treinar nossos pensamentos e emoções para que “fiquem de fora”, no sentido de manterem-se neutros, por pelo menos cinco minutos, duas, três, quatro ou mais vezes ao dia. Por incrível que isto possa parecer, a esmagadora maioria das pessoas não sabe o que é isto, tampouco imaginam os benefícios dessa simples prática.
Quer ter saúde? Aprenda isto!
Quer ser feliz? Aprenda isto!
Quer ter idéias e virtudes boas? Aprenda isto!
Quer ser consciente da vida, do mundo e da sua missão aqui na Terra? Aprenda isto.
E porque somos assim? Porque nossa mente recebe os pensamentos, aceita-os de acordo com nossas crenças e experiências, e os incorpora como rotina. Uma vez que essa rotina se estabelece em nossa mente, ela passa a ter vida própria, como um programa de computador, passa a executar suas tarefas, naturalmente, já não mais tendo a necessidade de ser alimentada, porque já está gravada por base nas experiências vividas.
Precisamos quebrar esses programas de crença, em primeiro lugar querendo muito!
Esse é o ponto principal, querer uma vida melhor, querer sentir o sabor de uma vida com maior conexão com Deus. Mas essa vontade precisa ser intensa.
Uma vez que essa barreira da vontade for vencida, e que você estiver realmente munido da intenção de fazer a mudança, aí será necessário uma mínima disciplina para todos os dias, várias vezes no período, estabelecer uma conexão mental com o vazio! Sim, o vazio dos seus pensamentos, porque é ali que a energia imanente, pura e primordial se encontra. Quanto mais vazio na sua mente, mais Deus fará parte da sua experiência de vida.
Você pode buscar o vazio de diferentes formas, que sejam positivas e que não gerem conseqüências a ninguém. Você pode fazer isso pela oração, meditação, Ioga, Reiki, devoção a um santo, em um grupo, em uma sociedade fraterna, no meio da natureza, no culto, em um ritual, na missa, em qualquer lugar. Existem ilimitadas formas de acessar essa Fonte da Vida, ou o Cristo Planetário. Cabe a nós consciência do nosso potencial e disciplina para manter um hábito condizente a preservação da qualidade da energia imanente.
Quando começamos e fazer a nossa parte no processo - o que significa “Orai e Vigiai” a qualidade dos pensamentos e emoções - percebemos que, sentimentos nobres tem a capacidade de melhorar ainda mais o padrão da energia imanente. Esse é o dom do despertar, é a dádiva de ser colaborador de Deus na busca por uma humanidade cada vez melhor. Quando conseguirmos isto, nos iluminaremos, no sentido mais íntimo que essa palavra propõe.



Leia tambem -> CONEXÃO COM DEUS - O CONCEITO



Fonte- www.luzdaserra.com.br/Bruno J. Gimenes
Por Mavi Hostettler/www.essencia.ning.com
imagens Internet
******Este trabalho pode ser compartilhado com outros
sites desde que os direitos autorais sejam
respeitado citando a fonte de pesquisa / autor e o link.
Obrigado por incluir o link de nosso website quando
compartilhar este trabalho com outros. (MaviHostettler)