Criei este Blog para minha Mãe Cigana Rainha do Oriente, sendo uma forma de homenageá-la, bem como postar assuntos atuais e de caráter edificante, lindas mensagens, poesias de luz, também aqui brindemos á amizade verdadeira e elevemos o principal em nós ou seja a essência Divina, Deus e a Espiritualidade em geral.

quarta-feira, 8 de maio de 2013

AROMATERAPIA:








Aromaterapia é a ciência e também a arte da terapêutica por meio da utilização de substâncias aromáticas naturais - os óleos essenciais.

A aromaterapia trabalha seu corpo de uma maneira natural e holística.

Os óleos essenciais gentilmente atuam no corpo restaurando nossas energias curativas e proporcionando o balanceamento entre corpo, mente e espírito.

A aromaterapia completa as outras terapias, tanto as convencionais ou alternativas, que buscam a cura.
Há evidências de que, durante Antigüidade, as ervas aromáticas eram usadas na culinária e na medicina.

A fumaça ou a fumigação foi provavelmente um dos usos mais antigos das plantas aromáticas com efeitos alucinógenos, estimulantes ou calmantes.

Gradualmente, um acervo de conhecimentos sobre as plantas foi acumulado, ampliado e passado a centenas de gerações.

Já a medicina aromática vem sendo utilizada desde o antigo Egito, onde mais se desenvolveu.
No início deste século, pesquisadores como Gattefossé saíram em busca do antigo conhecimento - a terapia vegetal.

A expansão da aromaterapia na Europa começou com a publicação do livro do cirurgião do exército francês, Dr. Jean Valnet, que realizou experiências com óleos essenciais para tratamento de feridos durante a 2ª guerra Mundial.

A partir desta época, introduziram a aromaterapia na profissão médica francesa.

Na Inglaterra, os óleos essenciais estão sendo empregados em muitos contextos hospitalares: salas de parto, unidades de terapia intensiva e nas salas de espera, onde ficam os parentes apreensivos.

A maioria das pesquisas sobre óleos essenciais concentra-se em suas qualidades medicinais. Conscientemente os aromaterapeutas usam os óleos essenciais para promover embelezamento da pele, cura para alma e relaxamento para a mente.

O Aroma

Nada é mais marcante do que um aroma: ele pode ser inesperado, momentâneo e fugaz e, mesmo assim marcar para sempre um instante de nossa vida.
Os odores explodem suavemente em nossa memória, como minas poderosas, escondidas sob a massa espessa de muitos anos e experiências.
Basta percebermos um aroma para que lembranças aflorem e emoções sejam sentidas.

A respiração é formada por pares, inspiração e expiração.
Ao nascer inspiramos pela primeira vez, ao morrer expiraremos pela última.
No intervalo entre uma e outra, ao longo de toda vida, cada respiração faz com que o ar passe pelo olfato.
Isto significa que, ao respirar, percebemos os aromas.
Os cheiros envolvem-nos, giram ao nosso redor, entram em nossos corpos, emanam de nós.
Vivemos em constante banho de odores. Tudo que cheira se desmancha no ar, desprendendo moléculas, pois os aromas são voláteis.

As moléculas aromáticas flutuam até a câmara olfatória situada na parte mais alta do nariz, atrás da região entre as duas sobrancelhas; entram em contato com os receptores presentes no epitélio olfatório, que conduzem as informações olfativas ao cérebro, para o sistema límbico (tálamo, hipotálamo), onde estão os sentimentos, as memórias, as emoções e as reações aprendidas e arquivadas.

Quando as mensagens aromáticas atingem o sistema límbico, são processadas instantânea e instintivamente.
Por isso os aromas têm grande efeito, pois agem nos centros cerebrais, provocando reações emocionais ou físicas.
De uma forma sutil, afetam os sentimentos, relaxando ou revigorando, excitando ou ajudando a afastar o stress. (estresse)

Essas moléculas aromáticas têm poder anti-séptico e fazem com que sintamos as mais diferentes emoções.
Trabalhos científicos comprovam que alguns aromas desencadeiam relaxamento e outros aumentam a concentração.

As fragrâncias nos revelam seu poder todos os dias: com elas brincamos, dançamos, trabalhamos, criamos.
Elas estabelecem nosso vínculo com a quintessência do reino das plantas e fazem de nós as criaturas mais felizes, alegres, benfazejas e queridas da raça humana.

Métodos de utilização

Existem diversas maneiras para se utilizar dos benefícios que os óleos essenciais podem lhe trazer.
Abaixo damos os principais modos de utilização do óleos, mas não pare por aí, crie a sua própria forma de utilização através de sua criatividade para usufruir os benefícios desta dádiva dos deuses.


Inalação

A inalação do vapor é um método excelente para tratar tanto os problemas respiratórios como gripes, resfriados, sinusite quanto os problemas emocionais, tais como ansiedade ou ataques de pânico.

Ao utilizar-se de um vaporizador, coloque apenas uma gota no recipiente com o soro fisiológico.
Ao utilizar uma tigela com água quente, pode-se adicionar ate 9 gotas de óleo essencial.
Coloque uma toalha sobre a cabeça e respire profundamente.
Este também é uma ótima maneira de fazer uma limpeza profunda no rosto.
Assegure-se que seus olhos estejam fechados.


Massagem Terapêutica

Este é o tratamento clássico, que proporciona ao organismo a possibilidade de auto curar-se.
Durante uma massagem com os óleos essenciais, estes exercem um efeito terapêutico tanto pela inalação dos aromas como pela absorção cutânea.
Estes, desencadeiam em conjunto com a massagem, a estimulação do fluxo sanguíneo e do liquido linfático, além de atuarem sobre o sistema límbico, o qual rege nossa maneira de sentir.
Para a massagem deve-se usar uma diluição em média de 50 gotas de óleos essenciais, para 100 ml de óleo vegetal, também chamados de carreadores.

Sua pele é o maior órgão de seu corpo, desta forma esta diretamente exposta à poluição, toxinas e outros fatores negativos do meio ambiente, fazendo com que se torne o melhor local de aplicação dos óleos pois ao mesmo tempo em que é absorvido, em torno de 20 minutos após o inicio da massagem, propicia uma limpeza e sensação de relaxamento.

Qualquer excesso de absorção pelo organismo é diretamente eliminado pela urina ou através da exalação através dos poros.
Para uma massagem facial, você pode usar óleos carreadores tais com jojoba ou semente de uva.


Aromatizadores



Estes potes o qual usamos para difusão dos óleos essenciais no ambiente, também são conhecidos como difusores ou vaporizadores.
Método muito popular para aromatizar seu escritório ou sua casa.
É excelente para relaxar, auxiliar no sono, estimular a mente na hora do estudo ou criar um ambiente sensual naquela noite especial.

São de simples utilização.
Os que funcionam com velas, preenchemos a parte superior do recipiente com água e adicionamos uma quantidade aproximada de 10 gotas de óleo.
A vela na parte inferior do pote aquece a água, liberando lentamente a fragrância natural no ambiente.
Quando utilizar estes aromatizadores, procure evitar áreas com grande correntes de ar ou enquanto estiver dormindo.

Atualmente existem aromatizadores elétricos, onde normalmente, nas indicações de uso vem a quantidade de óleos essenciais a serem colocadas.
Estes aromatizadores podem trabalhar com processos de difusão por evaporação ou simplesmente por propagação das partículas dos óleos essenciais.

Banhos Terapêuticos

Quando colocamos os óleos essenciais no banho quente, permite-se que estes entrem em contato com a pele, ao mesmo tempo em que são inalados, fazendo com que haja uma absorção das propriedades através da pele e do sistema respiratório.

Utilizando na banheira: são necessários de 15 a 20 gotas para serem colocadas em uma banheira de tamanho padrão, sendo necessário uma colher de óleo carreador, mel ou leite em pó, pois é importante para os óleos dispersarem na água.

Outra alternativa é possível, se você fizer seu óleo de banho com 100 ml de óleo carreador, sendo 10
ml de óleo vegetal de germe de trigo e 90 ml de óleo vegetal de semente de uva acrescentando 75 gotas de seus óleos essenciais prediletos ou conforme sua necessidade, agite esta mistura (blend), e coloque uma colher de sopa a cada banho.



Óleos no chuveiro: no caso de não possuir uma banheira, use a mesma receita acima, porem utilize após a ducha completa, passe o óleo com a mão pelo corpo todo, com o auxilio de uma bucha ou diretamente, com movimentos circulares para ajudar na penetração do óleo na corrente sanguínea.
Depois de feito e aproveitado, se enxágüe rapidamente com uma água mais fria.

Compressas

Para usar-se os óleos essenciais em compressas, coloca-se algumas gotas de óleo essencial, aproximadamente 10 gotas em um litro de água bem quente,
Coloque uma toalha de mão ou fralda de criança, dentro desta tigela com água, retire o excesso, de água e coloque sobre a área afetada.

Repita a operação quantas vezes for necessário.
É ideal para artrites, reumatismo, dores nas juntas, dores de cabeça, ou dores musculares.

As compressas frias podem ser feitas do mesmo modo, porem utilizando-se água fria ou gelada.

Pomadas

Pode-se preparar uma receita caseira de pomada com creme neutro e óleo vegetal e depois agregar os óleos essenciais.
Para quantidades de 30 gramas de creme ou pomada acrescentar 15 gotas de óleo essencial, como por exemplo:

2 colheres de sopa de creme neutro;
1 colher de sopa de óleo vegetal de germe de trigo;
15 gotas de óleo essencial.

Coloque uma tampa no recipiente, rotule e guarde em local ventilado e longe da luz.

Escalda pé ou pedilúvio

Refresque os pés cansados em um recipiente (bacia ou tina), adicionando 2 litros de água quente em conjunto com 10 gotas de óleos de sua preferência.
Um caminho maravilhoso para relaxar seus pés e sua mente.

Algumas sugestões simpáticas para você fazer um teste:
Cipreste - para dores nos pés; Tomilho e alecrim - para pés inchados; Hortelã Pimenta ou hortelã do Brasil - para ativar a circulação e refrescar;
Ou ylang ylang e patchouli.
Complemente, se quiser, colocando bolinhas de gude, fazendo pressão com os pés e deslizando sobre as bolinhas, desta forma trabalhando os pontos de reflexologia.

Termine aplicando hidratante com óleo essencial de lavanda da By Samia.

Banho de mãos ou Manilúvio

Abrande a pele áspera molhando-a em uma bacia de água aquecida, não muito quente, e óleos essencias.

Um SPA para as mãos completo, começa com uma esfoliação para a retirada das células mortas.
Faça então um manilúvio em uma bacia com 1 litro de água morna, 2 colheres de sopa de vinagre de cidra (maça) e 10 gotas de óleo essencial (veja propriedades dos óleos essenciais).

Após este mergulho, faça uma massagem para hidratar suas mãos. Utilize a seguinte receita: 1 colher de sopa de óleo de vegetal gergelim com 5 gotas de óleo essencial de olibano.

Faça um envelopamento com plástico filme (aquele de uso culinário) e deixe hidratar e descansar por 20 minutos.
Termine fazendo a manicure completa se quiser.

Sauna

Adicione 15 gotas de óleo essencial de pinho siberiano ou eucalipto (glóbulos ou citriodoro) em 300 ml de água dentro de um borrifador, e está pronto.

Aplicação direta

Existem ocasiões específicas, em casos de primeiros socorros, nas quais as aplicações de óleos essencias diretamente na zona a tratar é segura.

Os únicos óleos a serem usados topicamente na pele de forma segura são o óleo de lavanda (lavandula oficianalis) e o óleo de tea tree (melaleuca alternifolia).

Gargarejo

Principalmente para dores de garganta ou mau hálito.
Você pode estar colocando uma gota de óleo essencial em um copo com água morna e fazer os movimentos de bochecho.
Lembre-se de não engolir o líquido.

Inalação através de lenços

A maneira mais fácil de utilizar os óleos essenciais.
Adicione 3 a 4 gotas de óleo em um lenço e inale profundamente.
É útil para tratar resfriados ou dores de cabeça, enjôos de viagem ou simplesmente aliviar o cansaço no trabalho.

Emanação de travesseiro

Perfumar o travesseiro com 2 ou 3 gotas de óleo é ótimo para reduzir o ritmo do corpo ou para aliviar insônia caso você possua problemas para dormir.

Saches ou Pout porris

Recipientes com rolhas, algodão, folhas, ou trouxinhas de tecidos são ótimos meios para você estar deixando um cheiro agradável dentro de seu armário ou em sua casa.
Pingue algumas gotas dos óleos de sua preferência nestes materiais e coloque-os espalhados pela casa ou escritório.

Experimente a lavanda, bergamota ou cedro para afastar as traças ou leia o texto.
Prepare sua sinergia, e use a sua criatividade.

No porta sapatos, você poderá estar utilizando bolinhas de madeira ou chumaços de algodão com óleos essenciais de pinho ou cipreste.

Lareira

Com aquele frio não podíamos deixar de falar em toras de madeira aromatizadas.
Coloque aproximadamente 7 gotas de óleo essencial em cada tora uma hora antes de acender o fogo.
Aos poucos o aroma é liberado deixando um ambiente aconchegante e delicioso.
Algumas sugestões de óleos são os de cipreste, pinho ou cedro.