Criei este Blog para minha Mãe Cigana Rainha do Oriente, sendo uma forma de homenageá-la, bem como postar assuntos atuais e de caráter edificante, lindas mensagens, poesias de luz, também aqui brindemos á amizade verdadeira e elevemos o principal em nós ou seja a essência Divina, Deus e a Espiritualidade em geral.

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

INVOCAÇÃO DOS ARCANJOS, ORAÇÃO E DECÁLOGO PELA PAZ:




INVOCAÇÃO AOS ARCANJOS
Por: Fatima dos Anjos
Em nome do meu EU Superior, meu Santo Cristo Pessoal em Deus, a Chama Trina em Meu coração, Eu invoco as Hostes Arcangélicas do Senhor Nosso Deus, para que tragam à manifestação a Perfeição do Plano Divino na minha vida agora e na vida de todos os meus Irmãos em Cristo.
Arcanjos Ministrantes da Ordem do Altíssimo Deus do Universo, levem-nos a manter e a ampliar a perseverança na fé e em todas as boas obras, para que possamos ter a glória do Paraíso. Livrem-nos de toda e qualquer força negativa motivada por conjunções cármicas, astrológicas, planetárias e espirituais.
Protejam nosso Plano Divino, tirando de nosso caminho todos os que forem contra este plano e protegendo a todos os que façam parte dele.
Eu Sou Luz! Eu Sou Luz! Eu Sou Luz!
Eu Sou Paz, Eu Sou Paz!, Eu Sou Paz!
Eu Sou Amor! Eu Sou Amor! Eu Sou Amor!
EU SOU, o Caminho da Vitória !
EU SOU Tua Luz, Poder e Amor!
EU SOU A RESSURREIÇÃO E AVIDA!
Que a Poderosa Presença EU SOU em mim e no coração de meus Irmãos em Cristo, sele toda energia agora magnetizada, para que seja utilizada de acordo com a Vontade de Deus e somente a Vontade de Deus. Assim seja, em nome do Pai, da Mãe, do Filho e do Espírito Santo.
KODOISH, KODOISH, KODOISH, ADONAI TSEBAYOITH
Ó Adonai 'Tsebayoth, que a presença das Tuas Legiões e a vinda da Tua Hierarquia de Seres Celestiais dos mundos Superiores manifestem a verdade da Tua Imagem. Que a tua Luz desperte as miríades de almas de seres sencientes que dormem nas ilusões materiais dos mundos físicos.
Amém, Amém, Amém.
Amém, Amém, Amém.








ORAÇÃO PELA PAZ

Há Uma Paz, Um Poder, Uma Presença, que permeia e penetra em todo o Universo. É uma Força de Deus. É a Fonte de toda a Existência. Ela está ativa em todas as coisas. Ela é uma Energia disponível a toda a humanidade e está presente agora, neste exato momento. Eu compreendo agora que eu sou um pilar da Paz. Eu sei que eu sou uno com este Poder. Esta Presença Gloriosa é o alicerce do meu ser. Esta Energia Cósmica flui através de mim e me conecta com toda a Humanidade.

Eu escolho agora usar este imenso poder da minha mente para criar um mundo digno de todos nós. Eu dirijo os meus pensamentos em direção à Paz, ao Amor, à Cooperação e eu posso ver todas as pessoas do mundo, unidas em uma Celebração Jubilosa da Vida. Esta energia que eu libero, transforma este momento e toda a eternidade. As gerações que vierem, serão abençoadas com um mundo baseado na Paz. Pois eu sei agora que a Paz começa comigo e é o legado legítimo para as Humanidades. Um legado que eu vivo diariamente com todos os meus pensamentos, palavras e ações.

A Paz está aqui agora!

A Paz está aqui para sempre!

Eu agradeço por este momento sagrado de Paz. Eu agradeço por uma eternidade de Paz. Eu agradeço pela minha família global que vive na Paz. Eu agradeço pelos laços de amor que nos unem com força e coragem para criar o mundo dos nossos sonhos.

Um Mundo de Paz.
Um Mundo Amoroso.
Um Mundo Pleno de Infinitas Possibilidades.
Eu sou Uno com toda a Existência. Eu sou Uno com a Fonte da própria Vida. Eu sou Uno com a Presença da Paz e compartilho estas bênçãos com todo o mundo.
Eu sei que as minhas palavras são cheias de Verdade e de Poder e eu as libero à Lei Universal da Vida. Eu sei que como eu o disse, assim será.
E assim é.
Paz. Paz. Paz.
Amém.





Decálogo da Paz



1. Aprenda a desculpar infinitamente para que os seus erros, à frente dos outros, sejam esquecidos e perdoados.

2. Cale-se, diante do escárnio e da ofensa, sustentando o silêncio edificante, capaz de ambientar-lhe a palavra fraterna em momento oportuno.

3. Não cultive desafectos, recordando que a aversão por determinada criatura é, quase sempre, o resultado da aversão que lhe impuseste.

4. Não permita que o egoísmo e a vaidade, o orgulho e a discórdia se enraízem no seu coração, lembrando que toda a idéia de superestimação dos próprios valores é adubo nos espinheiros da irritação e do ódio.

5. Perante o companheiro que se rendeu às tentações de natureza inferior, deixe que a compaixão lhe ilumine os pontos de vista, pensando que, em outras circunstâncias, poderia você ocupar-lhe a indesejável situação e o lugar triste.

6. Não erga a sua voz demasiado e nem tempere a sua frase com fel para que a sua palavra não envenene as chagas do próximo.

7. Levante-se, cada dia, com a disposição de servir sem a preocupação de ser servido, de auxiliar sem retribuição e cooperar sem recompensa, para que a solidariedade espontânea te favoreça com os créditos e recursos da simpatia.

8. Esqueça a calúnia e a maledicência, a perversidade e as aflições que lhe dilaceram a alma, entendendo nas dores e obstáculos do mundo as suas melhores oportunidades de redenção.

9. Lembre-se de que os seus credores estão registrando a linguagem de seus exemplos e perdoar-lhe-ão as faltas e os débitos, à medida que se fizer o benfeitor desinteressado de muitos.

10. Não julgue que o serviço da paz seja mero problema de boca mas, sim, testemunho de amor e renúncia, regeneração e humildade da própria vida, porque, somente ao preço de nosso próprio suor, na obra do bem, é que conseguiremos reconciliar-nos, mais depressa, com os nossos adversários, segundo a lição do Senhor.

ANDRÉ LUIZ. De "Mentores e Seareiros".
Psicografia de Francisco Candido Xavier