Criei este Blog para minha Mãe Cigana Rainha do Oriente, sendo uma forma de homenageá-la, bem como postar assuntos atuais e de caráter edificante, lindas mensagens, poesias de luz, também aqui brindemos á amizade verdadeira e elevemos o principal em nós ou seja a essência Divina, Deus e a Espiritualidade em geral.

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

O JOGO DA VIDA E COMO JOGÁ-LO!








Esta é uma continuação do artigo “Estamos vivendo em uma realidade simulada ?” que analisou os aspectos da teoria do Universo simulado e como ela pode explicar paradoxos espirituais intemporais. Neste artigo, vamos explorar a dinâmica complexa de viver em uma realidade simulada, incluindo maneiras práticas para criar conscientemente a vida que sonhamos !

Alguma vez você já sentiu que “algo” não está certo sobre a realidade, como se existisse um segredo importante a ponto de ser revelado ? No fundo, existe uma parte de nós que sabe que existe mais neste jogo complicado da vida do que o olho enxerga.

De acordo com a física quântica, a dinâmica física da realidade é quase idêntica a um jogo virtual muito avançado, e, de fato, vários especialistas nas áreas da física quântica e física digital estão convencidos de que todo o nosso Universo é simulado, se isto for verdade somos todos Sims !

Apesar da realidade parecer real, não existe nenhuma maneira de dizer com certeza, porque se nós estamos vivendo em uma simulação, nós literalmente não temos nenhum ponto de referência “real” para discernir a diferença entre o real e o virtual. Na verdade, é preciso dizer que sem a capacidade sofisticada do nosso cérebro para interpretar sinais elétricos, nós não poderíamos experimentar qualquer coisa.

Assumindo que somos seres virtuais jogando um jogo virtual, como nós jogamos o jogo ?

O que se segue é baseado nas leis da criação consciente, na física quântica e vários princípios espirituais, com uma pitada de visão e um toque de imaginação. Mesmo se a realidade não fosse simulada, os seguintes conceitos ainda se aplicam ao jogo da vida, de modo a manter a mente aberta e desfrutar do passeio !
O Jogo da Vida

Se estamos de fato jogando algum tipo de jogo virtual, o nome do jogo é “Vida” e sem entrar em um debate filosófico, possivelmente o objetivo do jogo é a experiência pura com uma versão avançada obrigando-nos a aprender, crescer e evoluir através de todos os tipos de experiências. Infelizmente nenhum de nós se lembra de ler algum manual de instruções antes de começar o jogo, mas se houvesse tal coisa, ele poderia ser mais ou menos assim…
Lição # 1 – Configurando o Jogo

Antes do jogo da vida começar, como o seu Eu superior você escolhe sua missão ou o destino preferido e com base nesta intenção seu eu virtual é programado com um sonho especial para alinhá-lo com o seu caminho escolhido, este é o caminho para cumprir sua missão prevista e/ou que permite você experimentar o seu melhor destino possível, esta força motriz é a razão exata que você está de fato, jogando o jogo.

Quando o jogo começa, você perde todas as memórias do seu Eu superior e você ainda esquece que está jogando um jogo. A amnésia permite que você tenha uma experiência intensamente real, mas isso também significa que você vai precisar de alguma direção e orientação ao longo do caminho. Portanto, a fim de apoiar a sua viagem e fornecer-lhe as ferramentas que você vai precisar no jogo, seu eu virtual é programado com presentes apropriados, características físicas, desafios particulares e atributos de personalidade através de um programa conhecido por nós como ADN e outro programa conhecido como astrologia, onde a posição das estrelas e dos planetas no momento do seu nascimento representam um complemento ao programa que vai acionar funções específicas durante a sua vida.

Jogar o jogo da vida requer uma placa de jogo ou um campo de jogo, no nosso jogo isto é conhecido como planeta Terra (assim como todo o nosso Universo que se expande, quando nós o exploramos, mas somente quando nós exploramos). A Terra é um modelo pré-fabricados onde o jogo é encenado e existem versões ilimitadas deste modelo, que variam de acordo com a versão da história necessária para uma experiência de vida em particular, bem como o período de tempo atual, em que escolhemos viver.

Claro, uma simulação permite realidades ilimitadas com diferentes versões de realidade para cada personagem simulado, de modo que dois personagens podem viver no mesmo local físico tendo experiências muito diferentes, devido às diferentes versões da realidade. No entanto, apesar de estarmos cada um jogando um jogo único dentro da nossa própria realidade individual e sua realidade pertence a você sozinho, sempre que compartilhar um acordo sobre a sua realidade, as realidades individuais se cruzam e se sobrepõem, criando uma realidade compartilhada, onde podemos concordar com atributos específicos, mas nunca é exclusivo em uma realidade, portanto, uma mudança de consciência pode facilmente resultar em uma nova versão de realidade onde já não experimentamos a mesma realidade compartilhada ou podemos experimentar uma versão alternativa de amigos e familiares.

Embora existam certas construções e parâmetros que devem ser seguidos como a gravidade e a necessidade básica de ar, água e comida, além das “leis naturais” que constroem a simulação e certas limitações predeterminadas do jogo, podemos experimentar qualquer tipo de realidade que sonharmos e porque a realidade surge ao nosso redor de momento em momento, os milagres, magia e manifestação instantânea são possíveis.

O jogo da vida começa quando cada um de nós nasce de pais específicos, que fornecerão o maior número de circunstâncias “ideais” no início da vida, incluindo eventos que irão moldar a personalidade, experiências que criam desafios a serem superados e oportunidades que destacam os nossos dons e talentos, o tempo todo nos alinhando intencionalmente com o nosso caminho escolhido. Além disso, experiências de infância predeterminadas e eventos particularmente traumáticos são destinados a aprofundar os programas pré-fabricados no ADN, mas também pode criar através da programação do subconsciente.

O jogo da vida, inevitavelmente pede-lhe para desenvolver seus talentos e expressar seus dons, bem como enfrentar seus medos e superar seus desafios e, ao fazer isto, você tem a oportunidade de descobrir quem você realmente é e, em última análise, a sua melhor experiência de vida possível. Claro, não há garantias e a maioria das pessoas reencarna repetidamente antes de dominar o jogo e aprender como criar conscientemente a sua realidade virtual, mas não precisa ser tão difícil nem demorar tanto tempo.
Lição # 2 – Jogando o Jogo

Dentro de uma realidade virtual sofisticada, toda a possibilidade existe como ondas de probabilidade dentro do campo da potencialidade, também conhecido como o campo quântico, o campo inteligente do potencial infinito.

Apesar de inúmeras versões da vida existirem simultaneamente, apenas uma versão está no lugar de cada vez e nós a experimentamos perfeitamente como realidade, mas o que exatamente determina a versão que experimentamos ?

Até que você esteja totalmente consciente e desperto, o programa subconsciente primário, chamado ego/eu é executado automaticamente em sua vida de acordo com a sua programação individual. O ego é um programa de sobrevivência especificamente concebido para mantê-lo vivo na simulação tanto tempo quanto possível e quando o ego está operando, você tem pouco ou nenhum poder para afetar a realidade. Isto significa que enquanto você está inconsciente, a maioria de suas escolhas incluindo suas ações, reações e interações são determinadas pelo ego e ditadas de acordo com sua programação específica. Isso torna muito difícil evitar eventos predestinados e torna desafiador manifestar experiências desejadas que já não estavam predeterminadas.

Portanto, a fim de influenciar intencionalmente a realidade e conscientemente criar a sua vida, você deve substituir a programação subconsciente e fazer escolhas conscientes, mas a fim de fazê-lo, você deve jogar o jogo da vida como o seu Eu superior. Infelizmente, isso não é tarefa fácil quando temos amnésia do nosso Eu superior e, consequentemente, passamos por uma versão virtual de nós mesmo preso dentro dos limites de um mundo simulado, onde a limitação e o medo parecem nos controlar.

No entanto, com certeza, despertar como o seu Eu superior lhe permite transcender o simulado construído que predetermina a sua vida, e, portanto, a sua capacidade de afetar conscientemente a realidade está diretamente relacionada ao seu nível de consciência, quanto mais você está consciente mais poder você tem. Assim, a fim de jogar o jogo como o seu Eu superior, você deve despertar e lembrar quem você realmente é.
Lição # 3 Despertar é a Chave Para Dominar Sua Realidade Virtual !

Imerso na programação subconsciente não temos consciência, mas quando nós somos capazes de observar, nos tornamos autoconscientes, aumentando assim a consciência individual e se continuamos a progredir através da autoconsciência, finalmente despertamos como o observador, o que é outra palavra para o Eu superior. Isto é comumente conhecido como o despertar espiritual, mas você não apenas desperta o espírito do seu Eu superior, você realmente desperta como o seu Eu superior.

Quando o seu verdadeiro EU está acordado e consciente jogando o jogo, você tem o poder de influenciar a realidade de dentro da simulação, transcendendo assim o ego, assim como desativar a programação subconsciente e até mesmo reescrever seu próprio código de ADN ou código astrológico primordial, se assim escolher.

O despertar espiritual não é um destino, é uma escolha de momento a momento e simplesmente estar presente no AGORA desperta o seu Eu superior durante o tempo que você está consciente. Estar acordado e consciente no momento exige que você esteja em seu corpo plenamente consciente, totalmente aberto e totalmente presente, sem julgamento ou resistência e sem estar em um estado de reação, defesa ou medo.

Isto significa que sempre que você está totalmente no momento presente, sem distração, negação ou dissociação, o seu Eu superior desperta, e como resultado, você naturalmente incorpora o seu Eu superior. É por isso que nos sentimos tão poderosos ao viver no momento e experimentar sua verdadeira presença, mas quando você perde sua presença ficando inconsciente, o ego assume o controle automaticamente, e quando isto acontece, o jogo da sua vida literalmente volta a ser jogado de acordo com a programação automática, até que o seu Eu superior acorde novamente.

Viver como o seu Eu superior claramente permite que você substitua a programação subconsciente que controla a sua vida, mas realmente não responde à pergunta: “Como é que vamos criar a realidade conscientemente ?”
Lição # 4 – Comunicação Com o Campo Quântico

Do lado de fora da simulação, qualquer variável ou potencial pode ser alterado ou influenciado ao escrever ou reescrever o código, mas a partir de dentro, nós não temos esta vantagem, e de fato, como Sims em uma realidade simulada, não temos o poder físico de afetar nada. No entanto, quando se trata de influenciar a realidade ou mesmo conscientemente criar vida, estamos equipados com algo igualmente poderoso.

Tudo o que experimentamos surge do campo quântico, e de fato, o campo possui o potencial para o nascimento de qualquer coisa que nós escolhemos. Este campo ilimitado de potencialidades é consciente e inteligente, e embora ele funcione de acordo com certas regras e critérios predeterminados, ele também responde ao poder da mente.

Através do poder da sua mente você pode ser, fazer ou ter qualquer coisa, de um sonho grandioso ao desejo mais delicioso. Usando conscientemente sua mente de maneira correta, você pode pedir ao campo quântico praticamente qualquer coisa (sem trocadilhos) e ele nunca vai dizer não !

Crenças: São a forma mais poderosa de comunicação, se você percebe, ou não, está em constante comunicação com o campo através de seus pensamentos, intenções e foco. Na verdade, o campo ouve automaticamente todas as suas crenças e consequentemente, age como um espelho, manifestando-as como realidade e a este respeito a realidade é um sistema de retorno de informação que demonstra perfeitamente suas crenças. Então, se você não gosta de qualquer aspecto de sua vida, você não tem que olhar mais longe do que as suas crenças.

As crenças são tão poderosas que são o “interruptor de liga e desliga” da programação subconsciente e a única maneira de programar e reprogramar sua mente subconsciente.

O Poder da Imaginação: A segunda maneira de se comunicar com o campo é através de imagens e símbolos, tudo o que você imaginar é recebido como informação pelo campo. Em outras palavras, o campo lê a sua imaginação como um pedido e entrega/cria de acordo. É por isso que é muito importante imaginar apenas o que você quer e nunca imaginar o que você não quer.

O magnetismo: A terceira maneira pela qual você se comunica com o campo é através da vibração eletromagnética, de modo que se você quiser criar ou manifestar um sonho ou desejo, você deve emitir um sinal vibracional que atrai magneticamente o assunto do seu sonho ou desejo. Nós geralmente nos referimos a isto como a conhecida lei da atração, mas é a chave magnética menos conhecida que tem todo o poder. Esta chave é o amor-próprio e sem ele a lei da atração tem muito pouca influência sobre a realidade. O amor-próprio diz ao campo que você acredita que é digno do seu desejo e a alta energia do amor-próprio atrai magneticamente o que você escolher. O amor-próprio é a moeda vibracional que permite a troca do pensamento pela realização do sonho.

Agora que você conhece as chaves essenciais para a comunicação com o campo, você também precisa conhecer as formas como o seu Eu superior se comunica com você, antes e após o despertar.
Lição # 5 – Mensagens de Cima:

Através do seu Eu superior você tem acesso direto à sabedoria de um ponto de vista onipotente. Na verdade, seu Eu superior sabe o melhor caminho para você viajar e também sabe as respostas certas para suas perguntas mais cruciais, mas a menos que você receba esta orientação, ela é perdida ou é um dado em vão. Isto significa que aprender a ouvir e decifrar as informações do seu Eu superior é um grande divisor de águas. Então, como é seu Eu superior se comunica com você ?

Orientação Interior: O seu Eu superior se comunica com você através da orientação interior, também conhecido como intuição, frio na barriga ou um sentido de já saber, sua capacidade de receber depende da abertura e tranquilidade da sua mente, de modo que quanto mais aberto você é, maior é a orientação, se isto não é uma boa razão para a meditação regular, eu não sei o que é.

Sinais: Sincronicidade, ocorrências significativas e sinais aleatórios são todas formas de comunicação superior e quanto mais você prestar atenção, mais você irá se beneficiar destes sinais cruciais.

Pensamentos e ideias: Aquela ideia súbita ou centelha de gênio vem diretamente do seu Eu superior, e, como tal, o seu Eu superior lhe fala através de pensamentos e ideias, mas em uma cabeça barulhenta, você pode perder completamente esta orientação.

Sonhos e Desejos: Seus sonhos e desejos não são aleatórios ou desnecessários, e, de fato, seus sonhos e desejos são também maneiras pelas quais o seu Eu superior o direciona para o seu caminho escolhido, alinhando-o com o seu melhor destino possível.
Ouça Suas Emoções

As emoções humanas são projetadas com a finalidade de orientação superior, com as boas emoções nos conduzindo ao nosso caminho e as emoções ruins ou mau pressentimento avisando que precisamos mudar o caminho. Se você deve sair completamente fora do seu caminho atual, certas experiências ocorrem inevitavelmente a fim de mostrar o “caminho certo”, que é esperado colocar você de volta no caminho correto, mas se você tiver se desviado seriamente, o seu Eu superior também podem usar uma crise como estratégia para corrigir o curso.
O Que Isto Significa Para Nós ?

Bem, se estamos realmente vivendo em uma realidade simulada, podemos nos iluminar e parar de levar a vida tão a sério, podemos seguir a nossa felicidade e fazer o que queremos fazer, podemos perdoar e esquecer porque nenhum dano pode ser feito em um mundo de ilusão. Se o nosso comportamento inconsciente foi resultado da programação, podemos nos perdoar também, e, na verdade, talvez seja por isso que muitas filosofias espirituais proclamam que somos realmente inocentes e não existe nada a perdoar.

Além disso, se a realidade não é real, é muito mais fácil se arriscar e possivelmente viver sem medo e se alguma coisa pode ser experimentado em virtude da programação, isso também significa que você tem o potencial para ser verdadeiramente ilimitado.

Quando você acordar e lembrar quem você realmente é, e o jogo que está jogando, você tem o poder e a capacidade de substituir as regras, transcender a ilusão da falta de poder e embarcar na maior jornada de sua vida. Muito possivelmente, você pode optar por não jogar o jogo, experimentando assim a vida como um observador e vivendo pacificamente na não dualidade, ou você também pode escolher jogar um novo jogo, você pode escolher o que quiser.

Os cientistas ainda não encontraram uma maneira de provar ou refutar a teoria de simulação, mas independentemente da natureza da realidade, a jornada notável de amor e vida não é menos preciosa e não menos milagrosa.

Você é amor, você é luz e tudo está bem !

Em graça, amor e gratidão,

©Nanice

Origem: wakeup-world

Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível