Criei este Blog para minha Mãe Cigana Rainha do Oriente, sendo uma forma de homenageá-la, bem como postar assuntos atuais e de caráter edificante, lindas mensagens, poesias de luz, também aqui brindemos á amizade verdadeira e elevemos o principal em nós ou seja a essência Divina, Deus e a Espiritualidade em geral.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

APRENDA!!!



Aprenda a enxergar as pessoas com um intenso brilho, irradiando Luz como estrelas.
Isso é um exercício maravilhoso, pois automaticamente, você passará a vê-las como seres especiais,
como realmente elas são.
Nunca as pessoas precisaram tanto de Amor como precisam nos dias de hoje.
Em todos os lugares do mundo, pessoas sofrem por diversas aflições.
Todas elas, consequência da falta de Amor.
O mundo, infelizmente, respeita uma caótica lei, que diz:
Se você me amar, eu também amarei você!
Quantas vezes não fazemos isso?
Quantas vezes fomos gananciosos?
Realmente, é muito mais fácil ajudar uma pessoa próxima,
pois teremos a certeza que poderemos ser recompensados.
Jesus levou Amor e Esperança, para Judeus, Samaritanos e todos os que eram vistos como não merecedores;
Ladrões, prostitutas e outros.
Não falo que é errado ajudarmos as pessoas próximas a nós, mas sim,
que tenhamos em nosso coração o desejo de ajudar todas as pessoas desse planeta.
Isso mesmo, não exagerei, do planeta.
Peça a Deus esse desejo!
Temos em nossa alma uma Energia que ainda não temos a menor noção de poder, a Energia do Amor.
Medite sobre o Amor, visualize essa Energia no mundo.
Quando oramos pelo mundo, estamos enviando Amor a todas as pessoas que necessitam dessa Dádiva Divina.
Fazendo isso, praticamos a fraternidade, pois dividimos o Amor do Criador sobre nossas vidas.

Veja as pessoas brilhando, não é difícil. Veja que são todas especiais, que são iguais à você
e que necessitam de Amor, Carinho e Afeto.
Todos dias, vemos notícias de enchentes, guerras e miséria.
Tenha certeza do cuidado de Deus sobre a vida dessas pessoas, que sofrem com tudo isso.
Deus é a Esperança que nunca irá se calar.
Iluminem sempre! 

Nido Ramos