Criei este Blog para minha Mãe Cigana Rainha do Oriente, sendo uma forma de homenageá-la, bem como postar assuntos atuais e de caráter edificante, lindas mensagens, poesias de luz, também aqui brindemos á amizade verdadeira e elevemos o principal em nós ou seja a essência Divina, Deus e a Espiritualidade em geral.

sábado, 9 de novembro de 2013

INFINITO:



INFINITAMENTE DIVINO A SUA SIMBOLOGIA



A Lemniscata é conhecida pela maioria como sendo o Símbolo do Infinito.



Trata-se de um símbolo matemático, mas com significado muito mais amplo e muito mais antigo.




A Lemniscata de Bernoulli é a curva algébrica do quarto grau de Equação Cartesiana.

Semioticamente a Lemniscata representa o Equilíbrio Dinâmico e Rítmico entre dois polos opostos.



Foi largamente usada nos desenhos Celtas e insistentemente reproduzida em seus intrincados desenhos de formas.


A Lemniscata, principalmente em suas representações Celtas, nos remete diretamente ao "Ouroborus", símbolo antiqüíssimo, resgatado pela Tradição Alquímica, onde se vê uma serpente que morde o próprio rabo e devora-se a si mesma.



Carl Gustav Jung, refere-se a este símbolo como o "Mysterium Conjuctionis" (Mistério da Conjunção), resultado do "Hieroghamos" (Casamento Sagrado), Equilíbrio do Masculino e do Feminino Universais, Essência fundamental da Mente Humana e, em uma visão mais ampla, da Existência Humana em si.



Ainda podemos observar a Lemniscata nas curvas do Caduceus (o cetro da dupla serpente), símbolo da Medicina e manisfestação de Hermes; nos meridianos do fluir da Energia Vital, descritos pelas medicinas tradicionais Hindu e Chinesa e pela Acupuntura.



A Lemniscata repete-se no próprio movimento das galáxias, das estrelas e dos planetas, na Astronomia e na Astrofísica.

A Lemniscata está presente na dupla hélice do DNA e presente em todos os Seres Vivos deste Planeta.

O Ouroborus é também Representação Simbólica do Infinito e do Equilíbrio Dinâmico universal.



Wanderlust