Criei este Blog para minha Mãe Cigana Rainha do Oriente, sendo uma forma de homenageá-la, bem como postar assuntos atuais e de caráter edificante, lindas mensagens, poesias de luz, também aqui brindemos á amizade verdadeira e elevemos o principal em nós ou seja a essência Divina, Deus e a Espiritualidade em geral.

domingo, 17 de março de 2013

ESTAR NO MUNDO SEM SER DO MUNDO:



ESTAR NO MUNDO SEM SER DO MUNDO
Estamos na quaresma, tempo de meditação, reflexão e limpeza espiritual para os cristãos. Tempo de nos voltarmos para o interior de nós mesmos em busca de uma maior compreensão da origem dos nossos conflitos internos e de como podemos limpar o nosso coração de sentimentos negativos.
A quaresma simboliza o tempo que Jesus se retirou para o deserto para enfrentar as suas sombras, suas dúvidas e em busca da compreensão do propósito da sua existência. Neste período, ele foi tentado pelo ego e pôde se observar profundamente, mergulhar nas suas trevas interiores, para finalmente resgatar a sua força, a sua LUZ. Só depois do encontro consigo mesmo, com a Verdade, ele pôde voltar e exercer a sua Missão Crística.
Foi meditando sobre o retiro de Jesus no deserto, que me vieram à mente as palavras que ele disse aos seus discípulos um pouco antes de ser preso: "Tende ânimo, Eu venci o mundo!"
O mundo neste sentido significa a dor, os desejos do eu inferior, os conflitos internos, os apelos dos sentidos físicos, apegos materiais e emocionais, ou sejam todas as angústias humanas. Jesus aí diz com todas as letras que ele despertou da ignorância de Si, superou o medo, o orgulho, enxergou suas próprias sombras, se libertou, se iluminou.
Na verdade, a terceira dimensão, o "mundo", tem o poder de nos magnetizar através da crença que temos naquilo que os nossos sentidos físicos nos fornecem como informação e que nos influenciam sobremaneira nos levando a seguir comandos mentais como se fossemos zumbis, escravos de nós mesmos, dos nossos anseios e desejos, dos nossos enganos em relação a nós mesmos.
Contas a pagar, questões de trabalho e de relacionamentos, tudo isso nos impulsiona para fora de nós mesmos. Somos colocados frente a frente por apelos magnéticos criadores de turbilhões mentais, como o prazer e a dor, alegrias momentâneas, pelo instinto de sobrevivência, por falsos julgamentos baseados na nossa visão limitada, pela falta de conhecimento de nós mesmos. Tudo isso nos leva ao afastamento da verdade, do nosso centro luminoso, aquele que está permanentemente em contato com o Todo, o nosso verdadeiro EU.
Quando Jesus diz "venci o mundo" significa que ele venceu a ilusão na matéria e acordou para a Realidade do Espírito. Vencer o mundo significa viver os desafios da vida sem se desconectar da sua essência, transformando a dualidade em Unidade. É não se deixar levar por emoções e sentimentos de baixa vibração. É estar consciente de Si e do Todo, observando a vida com os olhos do coração, percebendo em todas as circunstâncias oportunidades de entendimento e evolução, de libertação.
Para estarmos no mundo sem sermos do mundo precisamos nos conscientizar de quem somos, isto é, assumirmos a nossa filiação divina, que somos espírito em essência e que a matéria é um campo para a evolução do espírito e não o contrário. A partir disso, devemos nos conscientizar que somos capazes de resolver todas as nossas questões e conflitos, nos desapegando do nosso ego, do nosso falso eu. É preciso que despertemos para a REALIDADE do espírito e vivamos de acordo com a lei do AMOR, da UNIDADE e que sentimentos como a raiva, a inveja, a cobiça, a arrogância e o orgulho devem ser substituídos por humildade, tolerância, compaixão e altruísmo.
O "mundo" deve ser visto positivamente como uma etapa maravilhosa do aprendizado para a nossa evolução. A espiritualidade ressalta que só quem por aqui passar tem a oportunidade de experenciar a vida e se realizar como alma, pois é preciso não só aprender teoricamente, mas colocar em prática o que foi assimilado conscientemente. Entendam, o mundo é a manifestação amorosa do espírito se visto com olhos desapegados da dor.
Portanto, as palavras de Jesus significam que precisamos estar centrados e focados na Luz para não nos deixarmos levar pelos apelos do mundo. Assim não nos deixaremos contaminar pelas vibrações externas e ilusórias, e a nossa mente estará sob o domínio do nosso Eu Superior, trabalhando em uníssono com o nosso coração, ampliando a nossa capacidade de entendimento. Com certeza esse processo nos levará à reintegração consciente à Unidade.
"Estar no mundo sem ser do mundo" é estar desperto, com os olhos da alma abertos e focados somente na LUZ, vivenciando cada experiência da vida como uma oportunidade, uma dádiva do Céu...
Amor sempre Amor,
Namastê,
Márian
por Márian - Marta Magalhães - marian.luar@ig.com.br
Márian é Terapeuta Holística e Artista Plástica. Recebe orientações de Seres de Luz que visam o aperfeiçoamento do Ser Humano através do exercício do Silêncio, do resgate dos Princípios da LUZ e da vivificação do AMOR.

--