Criei este Blog para minha Mãe Cigana Rainha do Oriente, sendo uma forma de homenageá-la, bem como postar assuntos atuais e de caráter edificante, lindas mensagens, poesias de luz, também aqui brindemos á amizade verdadeira e elevemos o principal em nós ou seja a essência Divina, Deus e a Espiritualidade em geral.

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

YOGA NA TERCEIRA IDADE:




Juliana de Sá Cyrillo Alves



"Saúde no jovem, obra da natureza. Saúde no idoso, obra de arte." - Hermógenes


Excluir comentário Na Antiguidade o estado de velhice era considerado altamente significativo e todo aquele que atingia essa etapa era acatado como um sábio.
Na velhice, é comum observarmos um isolamento social, pessimismo face à existência, passividade e queixas somáticas variadas.

Para muitos idosos, a vivência do seu mundo psicológico se torna mais difícil.

Contribui para esse retrato questões como viuvez, aposentadoria e outras perdas que antes preenchiam e davam sentido às vidas daqueles que ingressavam na terceira idade.

Em relação ao seu corpo, o idoso apresenta uma tendência a ter problemas posturais, rigidez nas suas articulações, comprometimento da sua coordenação motora, fatores que podem aumentar suas tensões físicas e psíquicas. Há uma perda do diálogo harmonioso com o corpo.
Na cultura ocidental, muitos desses sintomas ficam mascarados como sendo parte natural do envelhecimento.

Mas, nas sociedades orientais, onde o idoso é valorizado pela sua experiência de vida e de onde o Yoga se origina, a atividade física é recomendada.

Procura-se com ela eliminar a ociosidade e estimular o indivíduo nas atividades do dia-a-dia, contribuindo para a liberação das tensões e estados de insegurança por meio da aquisição de novos valores, despertando sua auto-estima e promovendo sua reintegração ao meio.

No envelhecimento do organismo, os idosos tendem a conviver com uma diminuição da massa muscular e óssea, levando a perdas importantes de água e minerais, com o aumento do tecido adiposo.

As principais conseqüências funcionais são:

- Diminuição dos níveis de força
- Diminuição da potência aeróbica máxima.
- Diminuição dos níveis de flexibilidade.
- Diminuição do equilíbrio
- Aumento da incidência de quedas com conseqüentes fraturas.
Para minimizar os prejuízos associados ao avanço da idade, a pratica do Yoga, é realmente possível e importante para conservar, restituir e proporcionar saúde física, mental, emocional e espiritual ao indivíduo.

O Yoga se caracteriza por lentidão, moderação, brandura e suavidade; seus movimentos são calmos e harmoniosos como o desabrochar de uma flor.

Por meio de suas técnicas capta energia do universo, armazena e a põe para circular no corpo inteiro.

Trabalha também com os sistemas respiratório, cardiovascular, nervoso, digestivo e glandular, ativando-os.

A chave do rejuvenescimento e de poder desfrutar uma vida plena e feliz é perdermos o negativismo, despertarmos para a responsabilidade em relação à nossa saúde física e mental.
Ao refletirmos em todas essas questões em relação ao momento do ciclo vital que chamamos de envelhecimento, Deepak Chopra (1996), sugere algumas chaves para o bem estar e a manutenção da dignidade nessa fase da vida:

- Ouça a sabedoria do seu corpo
-
Viva no presente
- Aproveite algum tempo para ficar em silêncio, para meditar
- Renuncie à necessidade de aprovação externa
- Quando se descobrir reagindo com raiva, acredite que só está lutando consigo mesmo.
- Saiba que o mundo "lá de fora" reflete a sua realidade "aqui dentro".
- Livre-se do fardo do julgamento.
- Não contamine seu corpo com toxinas.
- Substitua comportamento motivado pelo medo, por amor.
- Compreenda que o mundo físico é apenas um espelho de uma inteligência mais profunda.


Referências Bibliográficas:
CHOPRA, D. ; Corpo sem idade, mente sem fronteiras: a alternativa quântica para o envelhecimento, Editora Rocco, 1996, Rio de Janeiro.
ESTEVES, B.; Yoga para terceira idade, Editora Ícone, 1991, São Paulo.
HERMÒGENES, J.; Saúde na terceira idade, Record,1996, Rio de Janeiro.
RAUCHBACH, R.; A atividade física para a 3o idade, Editora Lovise,1990, Curitiba.
Revista Informe Phorte - outubro - março/ 2007-2008/ ano 10 n: 22 - O Papel da atividade física e/ou Exercício Físico nas alterações morfológicas e funcionais ocorridas, com o Envelhecimento.