Criei este Blog para minha Mãe Cigana Rainha do Oriente, sendo uma forma de homenageá-la, bem como postar assuntos atuais e de caráter edificante, lindas mensagens, poesias de luz, também aqui brindemos á amizade verdadeira e elevemos o principal em nós ou seja a essência Divina, Deus e a Espiritualidade em geral.

sábado, 28 de junho de 2014

COMO SER MENOS INFLUENCIÁVEL?



Como ser menos influenciável?
:: Silvia Malamud ::


Você é do tipo que costuma ficar impregnado pelos sentimentos dos outros a ponto de mudar o seu humor? Num mesmo dia, você tem variações passando de sensações de bem-estar para algo diametralmente oposto, meio deprê? Se um amigo passa por algo difícil, além de acolher os seus sentimentos, literalmente você os leva embora, ele melhorando e você ficando mal, perdendo vitalidade?

Algumas das pessoas que são influenciáveis, por não suportarem o mal-estar absorvido, podem, inclusive, buscar alívio no álcool e muitas entram em depressão.
O excesso de influência externa muda sentimentos de bem-estar para o oposto em fração de segundos.

Muitos influenciáveis podem ser diagnosticados como ciclotímicos, que é um limiar observado como baixo, de modulação de humor em que a pessoa, ora permanece num estado emocional meio depressivo e ora meio excitado. E quando o sistema já não suporta mais essas variações, uma das condutas conhecidas é ser medicado.

Outras condutas é o que veremos a seguir: como posso mudar esse padrão de funcionamento e continuar a ser sensível?

1- Quando você estiver se sentindo com bem-estar, no momento em que estiver com a sua identidade luminosa definida, hiperdimensione esta sensação no seu corpo e a expanda na máxima potência. Na sequência, pense em algo de bom sobre você, ao mesmo tempo em que pede ao seu inconsciente para que lhe envie um símbolo que represente este estado de plenitude emocional bom e saudável.

2 - Centre-se em quem você é, nas sensações de bem-estar.

3 - Lei I - "O pensamento do mais forte se sobrepõe ao do mais fraco, portanto, se você for ouvir, ou ver ou estar com alguém perturbado, ou mesmo ir para algum local minimamente "estranho" fique ciente de que tudo é pensamento forte criando realidades. Se você não estiver a todo momento conectado com o seu lugar de bem-estar, o pensamento mais forte ocupará você por inteiro". É a lei.

4 - Na sua tentativa de ajudar, você jamais deve se esquecer de quem você é a ponto de perder-se de si mesmo.

5 - Se você tiver alguma dificuldade para preencher-se de si mesmo, no seu melhor, busque fazer alguns atendimentos de reprocessamento cerebral para que seus circuitos neurológicos possam literalmente ficar viciados num padrão de funcionamento elevado, com todos os seus recursos pessoais ativados e fixos em você de modo inquebrantável.

6 - Nesse processo, inaugure mais estrutura em você mesmo, dinamizando mais e mais quem você é projetando seus rumos de vida com mais consistência.

7 - Lei II: - "O quanto mais você sabe sobre si mesmo, mais presente em si fica e menos permeável estará".

8 - Depois de se estabelecer neste novo padrão de saúde emocional e psíquico, se for um desejo de alma genuíno seu, você poderá ajudar aos outros em meio à empatia, amor e compaixão sem precisar perder-se de si mesmo a ponto de alterar seu humor de modo danoso.











Silvia Malamud é colaboradora do Site desde 2000. Psicóloga Clínica, Terapias Breves, Terapeuta Certificada em EMDR pelo EMDR Institute/EUA e Terapeuta em Brainspotting - David Grand PhD/EUA.
Terapia de Abordagem direta a memórias do inconsciente.
Tel. (11) 99938.3142 - deixar recado.
Autora do Livro: Projeto Secreto Universos
Visite seu Site
Email: malamud.silvia@gmail.com