Criei este Blog para minha Mãe Cigana Rainha do Oriente, sendo uma forma de homenageá-la, bem como postar assuntos atuais e de caráter edificante, lindas mensagens, poesias de luz, também aqui brindemos á amizade verdadeira e elevemos o principal em nós ou seja a essência Divina, Deus e a Espiritualidade em geral.

terça-feira, 16 de setembro de 2014

MÃE MARIA: O SOFRIMENTO DA HUMANIDADE E DE MÃE TERRA ESTÁ...





MÃE MARIA: - O SOFRIMENTO DA HUMANIDADE E DE MÃE TERRA,

ESTÁ SENDO EXPURGADO COM MUITA INTENSIDADE NESTE MOMENTO DE PURIFICAÇÃO.



Mãe Maria : "O sofrimento da humanidade, e de vossa Mãe Terra, está sendo expurgado com muita intensidade neste momento de purificação." -15.09.2014 -

Amados Filhos,

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

O sofrimento da humanidade, e de vossa Mãe Terra, está sendo expurgado com muita intensidade neste momento de purificação.

Os elementais da natureza retribuem toda a devastação imposta pelo homem ao planeta com intensas alterações climáticas, erupções vulcânicas, e tantas outras manifestações que tem trazido muito desconforto, desequilíbrio e medo para a humanidade.

O homem não sabe como resgatar o equilíbrio e expurgar o medo que emerge em seu ser, medo que aparentemente não tem justificativa para ele, mas que se reflete no seu dia a dia como insegurança e revolta pelos acontecimentos vivenciados e para os quais não consegue encontrar uma justificativa.

Amados, é tempo de perceber que as justificativas não estão no presente, mas sim no passado que envolve tantas eras, passado onde o comportamento do ser humano em relação a seus pares e a natureza foi devastador.

O homem deixou encravado na Mãe Terra, e em todas as formas de vida, muita devastação, muita dor, muito sofrimento, e essas cicatrizes voltam a sangrar neste tempo eis que não foram curadas ao longo de vossas encarnações.

Urge que o ser humano compreenda a origem do medo e da dor que se manifesta neste momento em suas vidas.

A dor, amados, é o resultado de todo desamor que tendes exercitado em relação aos habitantes de vosso planeta, e o medo decorre da falta de consciência de vossas responsabilidades e, consequentemente, de como corrigir todas as transgressões à “lei do amor” que foram à tônica de vossas vidas na Terra.

A liberdade cobra o seu preço de todos vós, eis que ser livre é assumir a responsabilidade sobre todo desequilíbrio que impera em vosso planeta, e atuar, com empenho, para corrigir a parte que vos cabe nesse caos arrasador que vem à lume, na forma de violência, na vida de todos vós.

É preciso compreender que quando o julgamento vem à tona de forma exacerbada como neste tempo, trazendo como consequência guerras e devastação, todos vós, seres que já despertaram, precisam atuar de forma decisiva, levando equilíbrio onde impera a violência, de todos os tipos, seja a refletida nas guerras, seja aquela que chega com a palavra falada, seja a que impõe censura ao livre pensamento de vossos pares.

Equilíbrio, amados, pressupõe estardes conscientes para a concretização de vossas missões, não cedendo as pressões de todo tipo cuja finalidade é pressionar-vos a reagir ao “status quo” que vigora em vosso mundo.

Manterdes vosso equilíbrio exige que não aceiteis o medo e a dor do mundo como parte de vós, mas sim como uma criação de vossas atitudes passadas, e que podem ser corrigidas no agora pela manifestação do amor e da compaixão.

Liberai, pois o amor represado em vossos corações, para que ele inunde vosso planeta, compreendendo que só o amor neutraliza o medo e dissolve todas as mágoas, transformando a culpa por um passado onde o egoísmo foi à tônica, por ação na busca do estender a mão a todos que necessitam, neste tempo, de compreensão e ajuda para superar os muitos obstáculos que precisam de coragem e solidariedade para serem superados.

Compreendei, amados que a solidariedade exige de vós o reconhecimento de que toda dor e sofrimento, todo ódio e rancor, toda culpa e frustração, só se manifestam quando o amor está ausente de vossos pensamentos e de vossas atitudes, e que eles não fazem parte de vós, mas se encontram fora de vós, na manifestação da falsa realidade que impera em vosso planeta, e que para ajudar a corrigir esse desequilíbrio não podereis mais permitir que essa escuridão preencha vosso ser.

Sintonizai-vos, pois na frequência do amor, diuturnamente, para que possais ajudar vossos irmãos a manifestarem amor, curando-vos e curando vossa Mãe Terra de toda dor e sofrimento, para que o medo se transforme em confiança e as lágrimas cedam lugar ao sorriso que gera luz em vosso planeta.

Que vossas orações se manifestem hoje e sempre, preenchidas com amor e compreensão, para que possam alimentar o equilíbrio na Mãe Terra e em todos os seus filhos.

Bem amados, Eu vos deixo agora, derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.


Canal: Jane Ribeiro

Fonte: http://br.groups.yahoo.com/group/maemaria/